keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

No Sul de SC, governadora garante que buscará mais recursos para atender demandas de Jaguaruna e Laguna

Governadora informou que o projeto proposto pela Amurel será analisado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura

X

A necessidade de desassoreamento do canal da Barra do Camacho, em Jaguaruna, foi constatada de perto pela governadora Daniela Reinehr nesta quinta-feira, 22. A chefe do Executivo estadual garante que o Governo do Estado buscará fontes de recursos para atender as demandas emergenciais e contínuas do local. O objetivo é solucionar a situação do assoreamento que prejudica a pesca, responsável pela subsistência de milhares de famílias, bem como a preservação do meio ambiente. Ainda nesta semana, o Governo Federal se comprometeu a enviar R$ 1,5 milhão para a dragagem da barra. Na manhã desta quinta-feira, a governadora também realizou visita técnica ao Porto Pesqueiro e aos Molhes da Praia da Barra, de Laguna.

“Vamos focar nossos esforços para atender essas demandas. Reconhecemos a necessidade emergencial e a oportunidade de unir esforços para planejar um futuro adequado e condizente com o potencial da região. Atuamos para resgatar a capacidade do nosso povo de trabalhar e para que as regiões se desenvolvam. Precisamos lançar o olhar sobre a infraestrutura de Santa Catarina”, disse Daniela Reinehr. 

O roteiro para Jaguaruna e Laguna ocorreu após reunião de trabalho com autoridades realizada na última terça-feira, 20, em Florianópolis. Na ocasião, a Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel) apresentou um projeto de engenharia para desassoreamento da Barra do Camacho. A obra está orçada em R$ 4,6 milhões.

A governadora informou que o projeto proposto pela Amurel será analisado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, juntamente com a força-tarefa que inclui  Defesa Civil e Secretaria da Agricultura e Pesca, entre outros órgãos, para que sejam feitas as adequações necessárias. “O compromisso é para que a obra do Camacho seja concluída o mais breve possível e com isso melhorar a atividade econômica, pesqueira e a segurança das pessoas”. 

Acompanharam a governadora os secretários de Articulação Nacional, Jorge Davi Agostinho da Silva; Infraestrutura e Mobilidade, Leodegar da Cunha Tiscoski; o chefe da Casa Militar, Alessandro Marques; o adjunto da Agricultura, Ricardo Miotto, e o diretor institucional Cidasc, Marcos Roberto Pacheco. Além dos deputados federais Geovania de Sá e Daniel Freitas; deputados estaduais Felipe Estevão e Volnei Weber; prefeitos de Laguna, Samir Ahmad; de Jaguaruna, Laerte Silva; de Tubarão, Joares Ponticelli, além de outras autoridades.

Daniela Reinehr reforçou a importância da atuação de senadores, deputados federais e estaduais, juntamente com os municípios. “São demandas históricas e essa união de esforços fortalece a implementação das ações”, destacou.

Geral

Investimentos melhoram abastecimento no bairro São Miguel em Penha

A concessionária Águas de Penha investiu em um projeto de melhorias no abastecimento do bairro São Miguel. Arthur May, coordenador operacional da concessionária, explica que o projeto envolveu um conjunto de ações, sendo que uma […]

Geral

Atriz Tatá Werneck é criticada nas redes sociais por usar três máscaras no velório de Paulo Gustavo

Internautas acharam um “exagero” por parte da artista ir no local com “tanta proteção”

Geral

Município do Sul de SC está em alerta para foco de raiva bovina

A raiva não tem cura e pode matar animais e seres humanos, portanto a vacinação é muito importante para prevenir e proteger os animais.

Geral

Emasa encontra machado no esgoto durante limpeza de tubulação em BC

A manutenção da rede coletora é um trabalho rotineiro, necessário para a prevenção e saúde do sistema de esgotamento sanitário do município

Mais notícias

coronavirus

Pela segunda semana seguida, apenas uma região do estado está em nível grave

Não houve alterações de classificação em relação à matriz divulgada no último final de semana

Segurança

Quatro pessoas da mesma família morrem em incêndio em SC

Quatro pessoas da mesma família morreram carbonizadas em um incêndio na manhã deste sábado (08) na cidade de São Domingos, no Oeste catarinense. A casa da família ficou destruída. Morreram no local um homem de […]