keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Nova droga: Cocaína rosa preocupa autoridades colombianas

Os 15 gramas de pó rosa resultantes do processo valem cerca de US$ 1.500 nas ruas

X
Reprodução

Uma nova droga tem se tornado moda nas festas colombianas, trata-se de Tusibi, também chamada de cocaína rosa. O pó colorido tem relação química com o estimulante à base de folha de coca.

Segundo informações, a nova droga é um coquetel de várias substâncias, principalmente a cetamina, um anestésito usado em animais, além de ecstasy e o alucinógeno mescalina.

Os 15 gramas de pó rosa resultantes do processo valem cerca de US$ 1.500 nas ruas. A droga gera estados de euforia, como se a pessoa estivesse bêbada, além de alegria e exaltação.

Detectado pelo Observatório de Drogas estatal há quase uma década, o “tusi” se infiltrou em festas de reggaeton e entretenimento colombiano. No início do ano, a modelo Mara Cifuentes afirmou estar em um centro de reabilitação após vários meses usando a substância e a atriz Yina Calderón admitiu que sua mãe é “viciada”.

A ONG Acción Técnica Social, que administra um programa de testes de drogas em festas, analisou 228 amostras de “tusibi” ao longo de 2021. A grande maioria era uma mistura entre cetamina e ecstasy. 16% tinham os opióides perigosos.

Fonte: Clicsc

Segurança

Mulher foragida é presa em operação contra o tráfico de drogas em Indaial

O objetivo da investigação é coibir o fornecimento de drogas para as regiões de Ascurra, Apiúna e Rodeio

Segurança

SC: Acusado de matar ex-companheira e jogar corpo em lago fica calado na primeira audiência

De acordo com a denúncia, a vítima pretendia terminar o relacionamento na noite de 2 de dezembro do ano passado

Segurança

Idoso morre esmagado por trator no Oeste catarinense

Quando o Corpo de Bombeiros chegou no local da ocorrência, encontraram o homem embaixo do veículo

Segurança

Detento é morto por colega de cela na penitenciária de Blumenau

O corpo foi recolhido pela Polícia Científica para perícia cadavérica

Segurança

Ciclone Yakecan já provocou duas mortes no RS e Uruguai

O corpo de Ademar Silveira da Silva foi encontrado na manhã desta terça-feira (17)

Mais notícias

Geral

Tempestade Yakecan: ventos já passaram de 75km/h e Defesa Civil monitora fenômeno

De acordo com a Defesa Civil, até a noite de quarta-feira, 18, o sistema pode se intensificar e ganhar características de Tempestade Tropical, trazendo ventos sustentados, que são contínuos, de 75 km/h.

Economia

Negócios: Estado é apresentado para 30 países no SC Day

Evento foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília