keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Obra da rede coletora em BC no Estaleiro e Estaleirinho é executada em 60%

Em oito meses de obra, cerca de 14 mil metros de rede foram implantados

X

A obra de implantação da rede coletora de esgoto no Estaleiro e Estaleirinho – únicos bairros que ainda não possuem saneamento em Balneário Camboriú – atingiu 60% do projeto. Com a conclusão prevista até o fim de 2022, o Município atingirá a universalização do saneamento, já sendo considerada a cidade mais saneada do Estado e, uma das 116 cidades brasileiras que está neste patamar.

Em oito meses de obra, cerca de 14 mil metros de rede foram implantados; 2.724 mil metros de linha de recalque em cinco ruas concluídas e três em andamento; e duas Estações Elevatórias de Esgoto. Até o momento, 40 ruas foram contempladas, sendo: 16 no Estaleirinho e 24 no Estaleiro. Destas, 12 estão com serviço em andamento, entre implantação de rede, ligações, fase de pavimentação ou com alguma pendência, como os casos que precisam da detonação de rocha. As obras iniciaram no fim do mês de outubro de 2021.

Nesta semana, os trabalhos seguem nas ruas: Jaime Jacinto Emerenciano; Hercelina Maria Vieira; e trecho da Avenida Rodesindo Pavan, todas no Estaleiro. Nos trechos em obras, o trânsito pode ficar em meia pista, ou até interditado, conforme o andamento da obra, sendo os moradores avisados previamente.

Sobre a obra

A obra faz parte do projeto de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do Município, sendo contratada pela Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) e executada pela CFO – Construtora Fonseca e Oliveira LTDA. Compreende a implantação de 32.706 metros de rede coletora e adutora de esgoto; estações elevatórias; poços de visita; emissários e ligações de esgoto nos bairros Estaleiro e Estaleirinho, que levarão os dejetos até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), reduzindo a poluição nos rios e praias. O valor licitado foi de R$ 9.983.766,44 e o prazo previsto para a execução é de 18 meses.

Durante a execução da obra, a Emasa pede a compreensão dos moradores, já que haverá interdição de passagem e movimentação de máquinas e operários trabalhando nas ruas, o que poderá alterar a rotina das pessoas. Também informa que para a execução dos serviços, em alguns momentos serão necessárias interrupções programadas ou até emergenciais no abastecimento de água, já que as redes podem ser próximas, sendo comunicadas via site e Fala Emasa – whatsApp comercial (47) 3261-0000, onde os moradores podem se cadastrar. Essas interferências na rede pluvial podem gerar turbidez da água, então pedimos a atenção e compreensão de todos.

Fonte: Clicsc

Geral

Pais pedem que professora do jardim de infância seja demitida: ‘Seu corpo distrai os alunos’

As ‘curvas’ do corpo de uma professora de artes estão incomodando pais de alunos

Geral

Unimed Litoral contrata terapeutas ocupacionais para atender crianças com atraso do neurodesenvolvimento

A Unimed Litoral é a maior empresa de saúde da região da Amfri e oferece uma sólida carreira para profissionais interessados em participar da sua constante expansão

Geral

Morador de Blumenau ganha R$8 milhões na Dupla Sena

Outros 19 moradores de Blumenau acertaram a quadra na Mega-Sena

Geral

Com aumento de 16% em 12 meses, Programa Juro Zero concede R$ 85 milhões em empréstimos

Os números mostram um crescimento de 16,79% em relação ao mesmo período anterior, maio de 2020 e abril de 2021

Geral

Nova sede da Polícia Científica é inaugurada em Palhoça

Além de promover melhorias significativas em termos de estrutura, a mudança deve gerar uma economia anual de quase R$ 300 mil

Mais notícias

Política

Presidente da Caixa será exonerado por Bolsonaro após denúncias de assédio

Bolsonaro disse a Pedro Guimarães que denúncias de assédio são ‘inadmissíveis’, segundo aliados

Geral

Pais pedem que professora do jardim de infância seja demitida: ‘Seu corpo distrai os alunos’

As ‘curvas’ do corpo de uma professora de artes estão incomodando pais de alunos