keyboard_backspace

Página Inicial

Sem categoria

Oficina Brasil Original forma 25 artesãos em Balneário Piçarras

São oferecidos no projeto consultoria em grupo e individual de negócio a cada artesão, trabalho de marketing e merchandising

Desde 2017 a Fundação Municipal de Cultura em parceria com o Sebrae/SC promoveu aos artesãos da cidade uma iniciativa que visava uma otimização dos seus trabalhos. Pelo projeto Brasil Original são feitas diversas capacitações com artesãos, para que os seus produtos sejam mais valorizados, além de ações para promoção comercial do artesanato, todas elas gratuitas e realizadas na Fundação Cultural de Balneário Piçarras.

Através de uma solicitação feita pela câmara setorial de artesanato, o Brasil Original foi realizado e após dois anos de assessoria, ao todo 25 artesãos, tem a certeza de que seu artesanato tem qualidade como comenta o Presidente da Câmara Setorial de Artesanato, Moacir Ventura

“Nós tínhamos toda a arte dentro da gente, mas o norte de profissionalismo foi o SEBRAE que trouxe pra nós. Criamos uma identidade para o artesão piçarrensse e unimos nosso grupo com a mesma ideologia de trabalho” completou Moacir.

Michele Laforga, consultora de design e artesanato do Sebrae, que acompanhou durante os dois anos o projeto com os 25 artesãos comentou as ações realizadas “pesquisa, reconhecimento e valorização da identidade cultural local, para que os artesãos utilizem isso nos teus produtos, a partir disso criar uma proximidade com os consumidores através da história local.”

A cultura na sua primeira intenção, dá a identidade a um povo, hoje Balneário Piçarras construiu uma identidade que promove a cultura artística para a população, comentou o Prefeito Municipal Leonel Martins.

São oferecidos no projeto consultoria em grupo e individual de negócio a cada artesão, trabalho de marketing e merchandising, aproximação a empresas fornecedoras de matérias primas além de missões de estudos para análises de cases de sucesso.

Silvana Maria Rebello, Presidente da Fundação Municipal de Cultura comentou sobre os resultados do projeto “acredito que todos, tanto a fundação como os artesãos com o resultado. Ano que vem a tendência é trazer assessoria para outras áreas culturais da cidade. Fomentando e resgatando a identidade cultural do munícipio.”

Mais notícias