keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

OMS monitora casos de hepatite aguda grave de origem desconhecida

Reino Unido, Irlanda e Espanha têm casos em crianças de até 10 anos

X
REUTERS/Denis Balibouse/Direitos Reservados

A Organização Mundial da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (15), que monitora casos de hepatite aguda grave de origem desconhecida em crianças na Europa.

De acordo com a entidade, até o dia 8 de abril, foram notificados 74 casos no Reino Unido, sendo dez deles na Escócia.

Há relatos também de três casos confirmados na Espanha e ao menos seis, em investigação, na Irlanda.

De acordo com a OMS, é “muito provável” que mais casos da doença sejam diagnosticados nos próximos dias.

Exames laboratoriais descartaram a possibilidade de a doença ser provocada pelos vírus já conhecidos de hepatite: A, B, C, E e D (quando aplicável).

Sintomas

Os sintomas da doença incluem elevada taxa de enzimas hepáticas, vômito, diarreia e dores abdominais.

No Reino Unido, a doença foi detectada em crianças de 1 a 10 anos. Seis pacientes passaram por transplante de fígado. Até o momento, não há relato de mortes em decorrência da doença.

A OMS informa ainda que há relatos de “vários casos” da nova doença em crianças infectadas pelo novo coronavírus e/ou adenovírus, embora o papel desses vírus na patogênese (mecanismo pelo qual a doença se desenvolve) ainda não esteja claro.

“A OMS está monitorando de perto a situação com outros estados membros e o Reino Unido e parceiros para casos com perfis semelhantes”, diz nota da OMS que pede aos membros da organização para estarem atentos e reportarem casos semelhantes.

Um misto de comoção, raiva, mais ao mesmo tempo agradecimento a todos os órgãos de segurança e judiciário envolvidos desde o inicio da comunicação até a prisão dos envolvidos nesse brutal assassinato que chocou a cidade de Timbó e o Vale do Itajaí.

Agência Brasil

Fonte: Clicsc

Saúde

Hepatite aguda: Sala de situação é criada pelo Ministério da Saúde para monitorar doença

Ministério da Saúde cria sala de situação para monitorar hepatite aguda em crianças

Saúde

Santa Catarina tem baixa procura por vacinas da gripe e sarampo

Faltando menos de um mês para o fim das Campanhas de Vacinação contra a gripe e contra o sarampo, a Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES) alerta para a baixa procura pelas vacinas. Até […]

Saúde

Mais um caso suspeito de hepatite misteriosa é registrado em SC

Os casos estão sendo investigados pelas Secretarias de Saúde Municipais de Itajaí e Balneário Camboriú

Saúde

Município catarinense é obrigado a oferecer serviço de saúde 24h

Ministério Público constatou que a população de Ponte Alta está sem acesso aos atendimentos de urgência e emergência determinados por lei. Município tem no máximo quinze dias para se adequar. O não cumprimento da ordem judicial pode acarretar em multa diária

Saúde

Hospital Marieta atualiza parque tecnológico para melhorar a eficiência dos atendimentos

Empresa contratada também auxiliou no projeto UTI humanitária para amenizar a angústia dos parentes e pacientes com Covid-19

Mais notícias

Geral

Tempestade Yakecan: ventos já passaram de 75km/h e Defesa Civil monitora fenômeno

De acordo com a Defesa Civil, até a noite de quarta-feira, 18, o sistema pode se intensificar e ganhar características de Tempestade Tropical, trazendo ventos sustentados, que são contínuos, de 75 km/h.

Economia

Negócios: Estado é apresentado para 30 países no SC Day

Evento foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília