keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Operação com apoio da PF dos EUA e DF prende em Camboriú investigado por fraudes bancárias

Na manhã desta segunda-feira (24), a Polícia Civil de Santa Catarina prestou apoio à Operação “Quick Response” da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), no cumprimento de um mandado de prisão temporária e de um mandado de busca e apreensão. As ordens judiciais foram cumpridas em Camboriú.

A investigação é da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) da PCDF, que no dia 29/03/2019 tomou conhecimento da subtração de R$ 648.143,45 depositados na conta bancária de duas vítimas residentes em Brasília/DF.

Segundo divulgou a PCDF, em ambos os casos, as vítimas receberam, por meio de mensagem de SMS, um mesmo link que as direcionou para uma página falsa de um Banco, passando, posteriormente a receberem mensagens de WhatsApp, em nome do respectivo banco, que as induziu a gerar e posteriormente repassar aos criminosos um QR Code (código de barras bidimensional), vinculado a suas contas bancárias.

De posse de todas essas informações, os criminosos habilitaram um aplicativo bancário de celular em nome das vítimas e subtraíram a quantia acima mencionada por meio de transferências bancárias realizadas para contas de diversos correntistas residentes em várias localidades do Brasil, bem como realizaram pagamento de tributos vinculados a uma unidade específica da Federação.

Para realizar essa e outras fraudes, os criminosos utilizaram serviços relacionados à internet de uma empresa com sede nos Estados Unidos, que não possuía representante no Brasil. Desta forma, a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos – DRCC procurou uma parceria com a Divisão Criminal do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a fim de rastrear os serviços utilizados pelos criminosos em solo estadunidense.

Morador de SC

Após um ano de investigação e com o auxílio da Polícia Federal dos Estados Unidos, foi possível constar a participação de um brasileiro, residente em Santa Catarina, na utilização de recursos de informática localizados em empresas dos Estados Unidos para fraudar contas bancárias de diversos brasileiros residentes em vários municípios e a Capital Federal.

Nesta segunda-feira, então, foram cumpridos os mandados judiciais e o homem preso em Camboriú com apoio dos policiais civis de SC, por meio da Diretoria de Inteligência e do Setor de Investigações e Capturas (SIC) da Delegacia de Polícia de Camboriú. O investigado já registrava antecedentes criminais por crime de fraude bancária cometida pela internet.

Segurança

Policiais do CORE de SC participam de curso sobre entradas táticas em Brasília

No total, 23 policiais concluíram o curso, em que foi apresentada a técnica utilizada pela Polícia Civil do Distrito Federal

Segurança

Operação contra roubo de cargas prende vereador e ex-vereador de Luiz Alves

A Operação visa combater o roubo de cargas e a realização de crimes ambientais

Segurança

Dono de açougue é condenado a dois anos de detenção por expor à venda carne estragada

O réu - que já havia sido condenado anteriormente por corrupção passiva - argumentou que os produtos não estavam à venda e, mesmo que estivessem, não houve perícia a comprovar as impropriedades das mercadorias para o consumo

Segurança

Governo e municípios vão aumentar fiscalização nas praias, bares e restaurantes no feriado

Ação será realizada já no final de semana com foco nas praias, parques e rotas gastronômica

Segurança

Homem que aplicava ‘golpe do motoboy’ em SC é preso

Criminoso foi preso com diversos objetos como máquinas e cartões

Mais notícias