keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Operação é realizada em SC para prender quadrilha responsável por furtar carros de luxo

A quadrilha atuava principalmente entre Itapema e Balneário Camboriú

X
Siga-nos no google-news

Desde o início da manhã desta quarta-feira (13), aproximadamente 360 agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica de Santa Catarina cumprem 26 mandados de prisão e 60 de busca e apreensão em 11 cidades do estado. A força-tarefa desarticula organização criminosa especializada em furto e clonagem de carros de luxo. As equipes estiveram em endereços residenciais e comerciais. Foram apreendidos veículos, documentos, dinheiro em espécie, duas armas, peças automotivas e pequena quantidade de drogas.

A PRF mobilizou 100 policiais e trinta viaturas para esta operação, batizada de “60 Segundos”. O nome faz referência a um filme sobre ladrões de carros, que realizavam furtos sob encomenda. Não por coincidência, o esquema praticado pela quadrilha era semelhante: em muitos casos, os modelos de carros eram encomendados previamente.

A quadrilha atuava principalmente entre Itapema e Balneário Camboriú. Por serem cidades com grande presença de turistas, caminhonetes e SUVs de elevado valor costumam estacionar nas ruas, já que nem sempre há vagas suficientes nas garagens. Os criminosos se aproveitavam deste fato para agir. Em poucos minutos, abriam os veículos, desativavam os sistemas de segurança e conseguiam fugir.

O destino dos automóveis era o desmonte ou a clonagem. As peças importadas, vendidas individualmente, rendiam altas somas para a organização criminosa. E os clones eram vendidos como veículos legalizados para compradores de diversos estados.

Em 2020, policiais militares e rodoviários federais perceberam a frequência do furto de caminhonetes de luxo. Há um ano, foram iniciadas as investigações que culminaram na operação de hoje.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Blumenau, foram cumpridos em Barra Velha, Penha, Ilhota, Balneário Camboriú, São José, Palhoça, Florianópolis, Blumenau, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas e Otacílio Costa.

As ações foram coordenadas pelo GAECO, união de forças que integra Ministério Público, Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Penal, pela Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar. O GAECO tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas.

Fonte: Clicsc

Segurança

Coroinha é esfaqueado durante missa

O suspeito entra na fila junto com os coroinhas e em determinado momento esfaqueia um deles

Segurança

Motorista desvia de ciclista, perde controle e carro cai no rio em Balneário Camboriú

Ela conduzia um Chevrolet /Celta quando foi desviar de um ciclista e foi parar dentro do rio

Segurança

Justiça condena escola que chamou PM em vez do Conselho Tutelar para revistar aluno

Com suspeitas de que o adolescente portava droga, a coordenação da escola determinou sua retirada da sala de aula

Segurança

Hospital faz campanha para arrecadar itens para recém-nascido deixado em frente à casa em Porto União

Bebê está pesando 3.855 kg e mede 49 centímetros e as equipes do hospital buscam doações

Segurança

Marido bêbado agride esposa, quebra objetos dentro de casa e acaba preso em Itajaí

Segundo informações, o homem chegou bêbado em casa e começou a discutir e na sequência bater na vítima de 46 anos

Mais notícias

Brasil

STF vota nesta quarta-feira reajuste de salários de ministros e juízes

Último aumento de salário dos ministros do Supremo ocorreu em 2018, com percentual de reajuste de 16,38%