keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Operação mira estabelecimentos que vendiam carne vencida como espeto corrido em Santa Catarina

A ação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC)

X

A Polícia Civil desencadeou a Operação “El Patron” na manhã desta sexta-feira (29) em combate ao roubo de cargas e para apurar crimes contra as relações de consumo, em Santa Catarina.

São cumpridos dez mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, em Itajaí e em Balneário Piçarras, no Litoral Norte. A ação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

Segundo o Delegado de Polícia Osnei Valdir de Oliveira, houve apreensão de arma e carne e a interdição de uma churrascaria. A Vigilância Sanitária de Itajaí foi acionada para acompanhar a ação. Pela manhã, a partir das 10h, o Delegado estará à disposição dos jornalistas para entrevistas na CPP de Itajaí.

Segundo a operação chamada de El Patron, quatro trabalhadores da empresa eram responsáveis por separar o produto e combinar pontos de entrega com os clientes. A empresa já praticava a irregularidade há cerca de um ano e a venda do produto vencido ocorria todos os dias, em lugares diferentes.

A empresa irá responder por furto qualificado, receptação qualificada, crime contra a relação de consumo, por reinserir no mercado produtos impróprios para consumo humano.

A churrascaria que comprava a carne vencida fica às margens da BR-101, em Itajaí, e oferecia espeto corrido a R$16,99, também vai responder por porte ilegal de arma, além dos outros crimes. A vigilância sanitária esteve na churrascaria e deve fazer a interdição do local.

Segurança

Idosa sai para ir a uma festa e é encontrada 10 dias depois em buraco pela família

Idosa saiu de uma festa de aniversário no dia 13 de fevereiro para ir para casa e caiu dentro de uma grota

Segurança

Foragido por dois homicídios é preso em Florianópolis

Captura ocorreu no início da madrugada de terça-feira (23) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça

Mais notícias

Brasil

Auxílio emergencial e criptomoedas deverão ser declarados no Imposto de Renda

Saques emergenciais do FGTS também precisarão ser informados

coronavirus

Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19

Chegada de mais imunizantes permitirá ampliar grupos prioritários