keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Pavimentação do Morro de Zimbros avança entre Bombinhas e Porto Belo

Os serviços têm um custo de aproximadamente R$ 8 milhões e contemplam um trecho íngreme de quase três quilômetros de extensão

X
Divulgação

As obras de pavimentação do Morro de Zimbros avançam a todo vapor entre as cidades de Porto Belo e Bombinhas, no Litoral Norte do estado. Já na próxima temporada de verão, os turistas que visitam uma das mais belas regiões de Santa Catarina terão um segundo acesso asfaltado. Os serviços têm um custo de aproximadamente R$ 8 milhões e contemplam um trecho íngreme de quase três quilômetros de extensão.

Segundo o governador Carlos Moisés, o asfaltamento do Morro de Zimbros representa um caminho alternativo para quem se desloca para Bombinhas. Especialmente durante o verão, longos congestionamentos se formam na entrada da cidade. Com a chegada do asfalto, o caminho será facilitado, especialmente para quem se dirige às praias na parte sul do município.

“Esse foi um compromisso que assumimos e agora está sendo honrado. A pavimentação do morro de Zimbros é essencialmente uma obra de mobilidade urbana. Bombinhas e Porto Belo aguardam por essa interligação há décadas. Estamos trabalhando para que já no próximo verão esse sonho esteja realizado”, diz o governador.

Expectativa pela conclusão da obra



Na opinião do prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Muller, a pavimentação representa mais dignidade para o povo da cidade. Ele conta que o município recebe até 2 milhões de turistas durante a temporada.

“Somos uma das cidades mais promissoras do estado. Essa pavimentação representa um acesso seguro para mais da metade dos turistas que chegam. O momento é agradecer por mais esta parceria com o Governo do Estado”, destaca o prefeito.

Do lado de Bombinhas, toda a primeira camada de asfalto já foi colocada. Já na parte de Porto Belo, onde são necessárias obras mais complexas, como a remoção de rochas, está em andamento a colocação da primeira camada de asfalto, assim como o alargamento da pista em alguns trechos. Além da pavimentação do morro, o convênio com o Governo do Estado também garante o asfaltamento das ruas Irineu José Moreira e José Guerreiro Filho, no acesso à parte mais íngreme.

Segundo a deputada estadual Paulinha, que lutou por anos pela pavimentação, os congestionamentos na região provocam perdas econômicas e de vidas, por falta de segurança viária e mobilidade. Ela diz que muitas pessoas já haviam perdido as esperanças de que a obra saísse, porém agora o sonho está sendo realizado.

“O volume de recursos é significativo. Nós não imaginávamos que veríamos essa obra na nossa geração. É muito mais do que uma pavimentação: é algo que mudará o destino de duas comunidades”, afirma a parlamentar.

Fonte: Clicsc

Cidades

Balneário Piçarras ativa abrigo de inverno nesta segunda-feira (16)

Secretaria de Assistência Social realizará trabalho de campo para localizar os moradores de rua

Cidades

Alunos participam de aula especial com os Bombeiros Militares de Itapema

A aula foi um pedido feito pela Professora de Educação Física Rubya e contou também com uma gincana

Cidades

Prefeitura de São José promove Semana da Enfermagem a partir de segunda-feira

Durante os cinco dias serão apresentadas oficinas com temas como autocuidado, saúde mental, yoga, defesa pessoal

Cidades

São José promove concurso para eleger os melhores projetos ambientais da rede municipal de ensino

Secretaria de Educação de São José lançou o Concurso Dia do Desafio do Meio Ambiente para motivar a comunidade escolar

Cidades

Município de São José recebe R$ 350 mil para custeio da saúde da Deputada Federal Geovania de Sá

Prefeito Orvino Coelho também recebeu a visita do deputado estadual Ismael dos Santos

Mais notícias

Geral

Aumenta cobrança pela conclusão das obras do Contorno de Florianópolis

Senadores, deputados e Vereadores querem o cumprimento do prazo de dezembro de 2023

Economia

Governo do Estado lança Programa Qualifica SC que capacitará 5 mil trabalhadores para o mercado formal

Com o programa, serão realizados cursos de capacitação para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade de baixa renda