keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia Civil prende quatro suspeitos de praticarem roubos em Blumenau

Após investigação da DIC/PCSC, quatro homens foram identificados

X

Na manhã desta sexta-feira (20), a Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau, realizou uma operação e cumpriu dois mandados de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão em uma investigação sobre uma associação criminosa voltada ao cometimento de roubos de veículos.

O grupo é suspeito de ao menos dois roubos. O primeiro ocorreu no dia 19/04, ocasião em que subtraíram uma Toyota Hilux, além de diversos aparelhos telefônicos, na rua Werner Duwe. Já o segundo, subtraíram um veículo Jeep Renegade, fato ocorrido no dia 21/04, na rua Hermann Tribess.

Após investigação da DIC/PCSC, quatro homens foram identificados. Entre eles está o principal suspeito da morte de um policial militar rodoviário em Massaranduba. Assim, na manhã desta sexta-feira, a Polícia Civil cumpriu os mandados judiciais. Foram apreendidos diversos objetos de interesse para a investigação, como roupas utilizadas pelos suspeitos no momento do crime. Todos os objetos e investigados foram encaminhados à sede da DIC/PCSC.

Fonte: Clicsc

Segurança

Morte de bebê de cinco meses em Criciúma é investigada pela Polícia Civil

O óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Segurança

Marido joga esposa de carro em movimento em SC

Agressões continuam na residência da vítima

Segurança

Homem morre após acidente entre carro e moto em Blumenau

O motociclista foi identificado como Marcos Roberto Ronchi de 37 anos

Segurança

Mulher embriagada tenta agredir marido com machado após briga em SC

Homem contou que ele acionou os policiais para apaziguar a briga entre o casal

Mais notícias

Segurança

Morte de bebê de cinco meses em Criciúma é investigada pela Polícia Civil

O óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações