keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Polícia Federal apura fraudes no recebimento de auxílio emergencial

Crimes de estelionato para o recebimento do auxílio emergencial, ameaça e divulgação de informações pessoais integram o alvo da Operação Falso Samaritano, deflagrada na manhã desta quarta-feira (2), pela Polícia Federal.

Segundo a PF, durante as investigações foi identificado que o suspeito utilizava dados das vítimas para se cadastrar nos aplicativos dos auxílios emergenciais do governo federal e, assim, receber os valores em benefício próprio.

“O investigado também ameaçou e divulgou dados pessoais do presidente da Caixa Econômica Federal e de seus familiares, após o presidente do banco ter alertado a população sobre a existência de golpes, bem como declarado que iria intensificar as medidas para impedir a ação dos fraudadores”, informou a assessoria da Polícia Federal.

Estão sendo apurados pela PF os crimes de estelionato, ameaça e divulgação de dados sigilosos.

 

Brasil

Não há pedido de pesquisa no Brasil sobre vacina russa, diz Anvisa

Não há pedido de pesquisa no Brasil sobre vacina russa, diz Anvisa

Brasil

Próximos sete dias devem ser de chuva, ventos fortes e mar agitado em Santa Catarina

Os próximos sete dias deve ser de muita chuva no Norte Gaúcho, no Paraná e nas áreas costeiras e Nordeste catarinense

Brasil

O que muda no preço dos videogames após redução de imposto decretada por Bolsonaro?

Produtos nacionais com peças importadas também não terão diferença significativa na redução. Alíquota agora varia de 6% a 30%

Brasil

Apresentadora Palmirinha Onofre é internada em SP e preocupa fãs

Ela deu entrada no hospital na quinta-feira (22)

Brasil

Radares escondidos ficam proibidos a partir do feriadão de Finados

Nova resolução do Contran entra em vigor no próximo dia primeiro

Mais notícias