keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia investiga golpes de “sextorsão” no RS e SC

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio Grande do Sul, sendo três em Porto Alegre, e um em Joinville, em SC

X
Divulgação

Policiais civis cumpriram nesta quinta-feira (07) quatro mandados de busca e apreensão, em uma investigação do golpe da “sextorsão” praticada com foto de delegado de polícia. A investigação é da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC) da Polícia Civil de Santa Catarina.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio Grande do Sul, sendo três em Porto Alegre, e um em Joinville, em SC. Foram apreendidos objetos relacionados ao crime. Não houve prisão. As investigações prosseguem.

Fonte: Clicsc

Segurança

Mulher filma a morte do próprio marido que pulou de penhasco

A autópsia do corpo da vítima revelou que o impacto não foi a causa literal da morte

Segurança

Motorista bêbado atropela dois adolescentes na frente de escola

O motorista foi rendido por populares e confessou ter ingerido bebida alcoólica

Segurança

Ladrão furta bolsa de mulher em Porto Belo e acaba preso pela PM

Homem fingiu ser fotógrafo para roubar a vítima

Segurança

Polícia apreende 186 quilos de maconha em Joinville

Motorista embarcou a droga no Paraná, e o destino só seria revelado durante o trajeto, por meio de ligação telefônica

Segurança

Motorista cai e rio e foge do local com o pé quebrado

De acordo com o motorista, um veículo branco teria cortado a sua frente, e o mesmo perdeu o controle da direção

Mais notícias

Geral

Ministério Público Federal investiga prazo de entrega do Contorno Viário de Florianópolis

O MPF pediu à Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) que apresente os percentuais de conclusão das obras em sete de janeiro de 2021 e em 20 de fevereiro de 2020, destacando eventuais alterações no cronograma de conclusão

Geral

Aumenta cobrança pela conclusão das obras do Contorno de Florianópolis

Senadores, deputados e Vereadores querem o cumprimento do prazo de dezembro de 2023