keyboard_backspace

Página Inicial

seguranca

Polícia investiga morte de famoso ator pornô que pegou carona com aplicativo em Florianópolis

A suspeita da polícia é de que ele tenha sido dopado e jogado para fora do carro

X

O ator de filmes adultos Gabriel Ramos Vieira de Almeida, de 24 anos, foi encontrado morto e sem roupas às margens da BR-116 nas proximidades do município de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Ele havia saído de Florianópolis na última terça-feira (24), com destino à Minas Gerais. A viagem deveria estar sendo feita com uma motorista de aplicativo de caronas com destino a cidade mineira de Três Corações, onde visitaria o avô. A suspeita da polícia é de que ele tenha sido dopado e jogado do carro.

Segundo o portal RIC Mais, a esposa de Gabriel, a também atriz pornô Luana Prado, disse que o ator estava receoso com a viagem. “Ele ficou meio com um pé atrás e falou: ‘amor, eu tô com medo de ir, tô com medo de embarcar neste carro. Ele é uma pessoa muito desconfiada. [A viagem] foi meio de supetão porque como é um aplicativo BlaBlaCar, não teria viagens na outra semana, só no mês que vem, e ele achou que não ia dar tempo. Então ele foi e aconteceu isso”, disse ela à reportagem do portal.

A motorista que levava Gabriel na companhia da filha de 10 anos relatou à polícia que o ator estava machucado quando o buscou em casa após uma briga com a esposa. “Quando eu cheguei na residência dele, ele ‘tava’ brigando com a esposa dele, gritando pela janela do apartamento, querendo pular do primeiro andar. Ele ‘tava’ descalço, só de bermuda e sem camisa, com o pescoço todo vermelho”, relatou a condutora do carro, que deu sua versão da viagem com Gabriel.

Durante a viagem, segundo ela, ele teria se jogado do carro perto da divisa com SP. “[Eu] estava fazendo uma curva e ele abriu a porta. Consegui pegar ele e o segurei por uns 100 metros. A minha filha gritava e aí ele se jogou. Logo em seguida, eu joguei o carro no acostamento e consegui parar. Não sei como ele conseguiu ficar vivo, porque vinha uma carreta do lado da gente. Quando eu olho pro lado, ele estava no posto de fiscalização do Paraná. Eu segui viagem porque eu fiquei com medo de colocar ele de volta no carro”, disse ela.

Já em Barra do Turvo, em São Paulo, a motorista parou em um posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e fez um boletim de ocorrência contando o que supostamente teria acontecido.

A Polícia de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba assumiu o caso e vai investigar a morte do ator.

Fonte: Clicsc

seguranca

Polícia encontra pássaros silvestres presos em cativeiro no Litoral Norte de SC

O proprietário dos animais responderá por crime ambiental conforme prevê o Art. 29 da Lei 9.605/98 Lei de Crimes Ambientais, além do pagamento de multa no valor de R$ 11.000,00.

seguranca

“Não corre senão eu te mato”; vídeo flagra ação de assaltante em mercado de Joinville

O prejuízo para o dono do estabelecimento foi de R$ 400 reais só em dinheiro, além das bebidas levadas

seguranca

IMA fiscaliza transporte de produtos perigosos em rodovias catarinenses

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), em atuação conjunta com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Defesa Civil, Conselho Regional de Química e apoio da CIDASC, realizou fiscalização de transporte de […]

Segurança, seguranca

Homem que matou policial no Pará é preso em Florianópolis

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão e de prisão do investigado por integrar a organização criminosa que age no Pará

Mais notícias

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.031 casos e 19.075 mortes

Na comparação com o boletim anterior, diminuiu em 26 o número de casos ativos e há 8 óbitos adicionais