keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Porto Belo abre inscrições para o Casamento Comunitário

Este ano serão disponibilizadas 15 vagas

X

Estão abertas as inscrições para o Casamento Comunitário de Porto Belo, organizado pelo Governo Municipal através da Secretaria de Assistência Social. Este ano serão disponibilizadas 15 vagas, aos 15 primeiros casais que apresentarem a documentação correta no momento da inscrição.

A inscrição deve ser feita até o dia 08 de julho, na Secretaria Municipal de Assistência Social, das 8h às 14h. É necessário apresentar todos os documentos exigidos no momento da inscrição.

Para participar, os casais precisam ter renda mensal familiar de até três salários mínimos, com apresentação de autodeclaração de hipossuficiência registrada em cartório, comprovante de residência, bem como título de eleitor no Município de Porto Belo. Ao participar do Casamento Comunitário, além da cerimônia com Juiz de Paz, os casais recebem certidão de casamento civil.

Para mais informações sobre a inscrição, entrar em contato com a Secretaria Municipal de Assistência Social através do telefone 3369 6025.

Fonte: Clicsc

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações

Geral

Quina de São João: Apostas da Grande Florianópolis ganham prêmios

Mesmo que nenhuma aposta de SC tenha acertado as cinco dezenas, os catarinenses não saíram de mãos abanando

Geral

Quatro apostas de Santa Catarina ganham mais de R$ 30 mil na Mega-Sena

Apenas um jogo, do Estado de São Paulo, acertou seis números e vai receber o prêmio de R$ 78 milhões

Geral

VÍDEO: Presidente Jair Bolsonaro manda abraço para Itapema na Marcha para Jesus

Bolsonaro esteve no evento acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro

Mais notícias

Segurança

Morte de bebê de cinco meses em Criciúma é investigada pela Polícia Civil

O óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações