keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Praiana deve demitir todos os funcionários que tiveram contratos suspensos ou redução da jornada

A Praiana anunciou por meio de nota aos funcionários que, todos aqueles que estão com o contrato suspenso ou reduzido em decorrência da crise do novo coronavírus, serão demitidos a partir desta quinta-feira (13).

As demissões acontecem após a Medida Provisória 936, do Governo Federal, esgotar. A MP permitia a redução de jornada e de salários, além da suspensão do contrato de empregados. Os ônibus da Viação Praiana estão sem circular desde o dia 18 de março. A empresa tem 220 funcionários registrados.

O sindicato dos Motoristas de Itajaí e Região (Sitraroit) informou que também recebeu o comunicado de vários funcionários, mas diz que aguardará uma posição oficial da Praiana nesta quinta-feira.

Mais notícias