keyboard_backspace

Página Inicial

Política

PSDB deve ter debandada de filiados após aproximação de FHC com Lula

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

X
Reprodução/Redes Sociais

Revoada

Começou uma discreta debandada de tucanos no eixo Rio-São Paulo-Belo Horizonte por causa da proximidade dos ex-presidentes Fernando Henrique (PSDB) e Lula da Silva (PT). Essa turma tem dialogado muito com partidos aliados do presidente Jair Bolsonaro e vai esperar o momento certo para pedir a desfiliação.

Conselheiro

Advogada do presidente Bolsonaro, Karina Kufa já não é vista com a mesma rotina de antes no Palácio. O chefe da nação tem tido mais consultorias de Frederik Wassef.

À mesa

O entra-e-sai de empresários na sede do Governo com demandas para o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, o deixa bem na fita. Está atendendo a todos os pedidos.

Lá vem o Negão..

É cada vez mais certo entre bolsonaristas próximos do presidente que ele quer apostar no deputado federal Hélio Negão, seu amigo e ex-segurança, para o Governo do RJ.

Quem diria

Não é só a cor da camisa e o discurso que mudaram no deputado federal Marcelo Freixo, que deixa o PSOL pelo PSB para se candidatar ao Governo do Rio de Janeiro. Está em vias de contratar o marqueteiro Renato Pereira para cuidar de sua campanha. Pereira foi quem tocou a vitoriosa campanha de Sérgio Cabral ao Governo, em 2006 – e pelo notório, complicou muita gente na delação premiada com o MP na Lava Jato.

Radar ligado

Não bastasse a surpresa no metiê político carioca da proximidade de Freixo com Pereira, agora o federal depara-se com o estranhamento do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. O prefeito ensaia coalizão pró-Lula da Silva no Estado e surge como pré-candidato, também, ao Palácio Guanabara. Paes não gostou da parceria, dizem próximos. Pereira tem nome na praça e requisitado por pré-candidatos majoritários.

Provocação nessa hora?

Começou a fritura de “um tal de Queiroga, vocês sabem quem é..”, como disse Bolsonaro numa coletiva há dias, gesto deselegante com o médico ministro da Saúde. O presidente não engole a saída de Pazuello da pasta. E desconta a raiva em todos à volta.

Bem longe

Será em terras gaúchas dia 27 a festa de aniversário do ex-prefeito de Niterói e pré-candidato a governador do Rio de Janeiro pelo PDT, Rodrigo Neves. Os pedetistas vão visitar os túmulos de Leonel Brizola, Jango e Getúlio Vargas em São Borja (RS).

Padim

Não há mais dúvida de que Miguel Coelho (MDB), o prefeito de Petrolina, será o candidato de Bolsonaro ao Governo de Pernambuco, mas por outro partido. Não faltam elogios, mas sobram críticas ao governador Paulo Câmara (PSB). As bênçãos vieram com a visita do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Além-mar

A imprensa portuguesa abre títulos diários sobre a caminhada do Brasil rumo a um cenário obscuro sob Bolsonaro. Um articulista citou a contrariedade do presidente com o certificado internacional de vacinação – ele diz que vai vetar, caso seja aprovado.

Dedo na tomada 2

A Neoenergia Distribuição Brasília avisa que “não houve qualquer reajuste tarifário da conta de energia para os clientes do DF”, como publicado aqui. Uma conta de um cidadão que não visita sua casa há meses pulou de R$ 27,55 para R$ 45,13, sem qualquer consumo na residência. A CEB foi privatizada há três meses.

Sobre Jacarezinho

A Prefeitura do Rio e o prefeito Eduardo Paes negam a participação na ideia ou na construção de um monumento na favela do Jacarezinho em memória dos mortos na operação da Polícia Civil. “Neste momento, não há sequer um pedido de tramitação nos órgãos do município para erguer o memorial, seja por parte do poder público, de entidade privada ou organização social”, informa.

Fonte: Clicsc

Política

Deputado Coronel Mocellin defende menos direitos aos presos

Parlamentar enviou moção à Câmara dos Deputados sugerindo mudanças no Código Penal

Política

Ciro Nogueira tenta levar Bolsonaro para o PP

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Governo de SC admite emendas à reforma da Previdência

Executivo, em acordo com a Alesc, deve retirar proposta de alíquota extraordinária do projeto. Pedágio de transição também mudará

Política

Qual o impacto político da sexualidade de um candidato à presidência?

Leia na Coluna Esplanada desta quarta-feira (21) direto de Brasília

Política

Audiência pública debate proposta de Reforma da Previdência em SC

Na quinta-feira, 22, ocorre o prazo final para apresentação de emendas. A expectativa é de que a votação em plenário ocorra no dia 4 de agosto

Mais notícias

Segurança

Operação conjunta é realizada no Caixa d’Aço em Porto Belo

Ações tinham objetivo de coibir som excessivo nas embarcações