keyboard_backspace

Página Inicial

Utilidade Pública

Saiba o que não pode funcionar durante o período de restrição em Itapema

Fica proibida a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja interno ou externo, em cumprimento às regras sanitárias emitidas pela Secretaria de Estado da Saúde

X
Foto: Divulgação Prefeitura de Itapema

A Prefeitura de Itapema informa que seguirá integralmente as determinações do Governo do Estado, imposto pelo Decreto Nº 1.172/2021, em relação às novas medidas de enfrentamento ao Coronavírus, que decretou o fechamento dos serviços não essenciais entre 23h desta sexta-feira (26/02) até 6h de segunda-feira (01/03). Em caso de descumprimento das medidas estabelecidas, denuncie à Polícia Militar, no telefone 190.

Confira os serviços que não podem operar neste fim de semana:

– Comércio de rua, excetuado o comércio essencial;

– Shopping centers, centros comerciais, galerias;

– Academias, centros de treinamento, salões de beleza, barbearias, cinemas e teatros;

– Shows e espetáculos;

– Bares, pubs, beach clubs, cafés, pizzarias, casas de chás, casas de sucos, lanchonetes e restaurantes;

– Parques temáticos, parques aquáticos e zoológicos;

– Circos e museus;

– Feiras, exposições e inaugurações;

– Congressos, palestras e seminários;

– Utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos e quadras esportivas;

– Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas 
e cooperativas de crédito;

– Os eventos, inclusive na modalidade drive-in, e as reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídos excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos;

– Os serviços públicos considerados não essenciais, em âmbito municipal, estadual ou federal, que não puderem ser realizados por meio digital 
ou mediante trabalho remoto;

– A concentração, a circulação e a permanência de pessoas em parques, praças e praias;

– O calendário de eventos esportivos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte);

– Salões de festas e demais espaços de uso coletivo em condomínios e prédios privados.

Tele-entrega: A comercialização de alimentos e bebidas por bares, cafés, restaurantes e similares somente pode funcionar no sistema de tele-entrega ou retirada no estabelecimento.

Fica proibida ainda a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja interno ou externo, em cumprimento às regras sanitárias emitidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). As atividades econômicas que não estão englobadas no decreto, como indústrias, podem funcionar, seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos.

Em caso de descumprimento das medidas estabelecidas, denuncie para a Polícia Militar no 190.

Fonte: Clicsc

Utilidade Pública

Sala Lilás para acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica é instalada em Penha

O delegado de Polícia Civil de Penha, Dr. Farah apresentou o espaço que será disponibilizado para a instalação da sala que será na sede da delegacia.

Utilidade Pública

São José registra quase 90% de crescimento nas inscrições de MEIs

Nos três primeiros meses de 2021 foram geradas 630 inscrições de MEI no Município

Utilidade Pública

Vereadores de Tijucas pedem campanha de vacinação solidária

Na proposta, os vereadores sugerem que sejam arrecadados alimentos não perecíveis e também agasalhos.

Utilidade Pública

BR-282 na Grande Florianópolis terá interrupções no fluxo para corte de árvores

Os trabalhos acontecem de segunda a sábado em vários pontos entre os km 30 e 60 da rodovia

Utilidade Pública

Certificação reconhece a Águas de Bombinhas como ambiente seguro contra a Covid

Os cuidados básicos com os moradores e colaboradores são primordiais

Mais notícias

Utilidade Pública

Procon de São José atende com agendamento prévio

A medida é necessária para evitar aglomeração de pessoas, sendo que o atendimento deve ser marcado pelo Whatsapp (48) 98477-7790

Cultura e Lazer

Itapema 59 anos: As histórias e belezas do Canto da Praia

Veja agora o primeiro episódio da série de reportagens do Visor Notícias

Segurança

Polícia divulga imagens de operação que apreendeu R$4 milhões na casa de homem morto em Porto Belo

Os Policiais Civis ficaram contando o dinheiro da apreensão por mais de três horas, sendo apreendido entre dólares, euro e reais a quantia de R$ 4.130.000,00 (quatro milhões, cento e trinta mil reais)