keyboard_backspace

Página Inicial

economia

São Francisco do Sul tem o 7º maior porto público do país em movimentação de carga

Os dados confirmam o porto do Norte catarinense como o 7º maior em movimentação de carga, entre os 34 portos públicos do Brasil, e o primeiro de Santa Catarina

X
Gustavo Camargo/Porto de São Francisco do Sul

Em 2021, a quantidade de mercadoria transportada a partir do Porto de São Francisco do Sul chegou a 13,6 milhões de toneladas, o que representa a maior movimentação de carga de sua história. Com relação a 2020, houve um aumento de 14%. No ano passado, a soma da exportação e importação de produtos atingiu 11,9 milhões de toneladas.

Os dados confirmam o porto do Norte catarinense como o 7º maior em movimentação de carga, entre os 34 portos públicos do Brasil, e o primeiro de Santa Catarina. De acordo com as informações divulgadas esta semana pela autoridade portuária, as importações foram responsáveis por 52% das cargas, com 7,1 milhões de toneladas. Destaque para o material siderúrgico, como barras e bobinas de aço, que somaram 3,9 milhões de toneladas, além de fertilizantes e ureia, que alcançaram 2,5 milhões de toneladas.

As exportações, por sua vez, chegaram a 6,5 milhões de toneladas (48% da carga), sendo a soja o principal produto movimentado, com 5,2 milhões de toneladas, seguido pela madeira e celulose, com 700 mil toneladas. Os dados incluem a movimentação do porto público e do terminal arrendado Tesc.

Metade de toda a carga de Santa Catarina 

O porto privado de Itapoá também faz parte do complexo portuário situado na Baía da Babitonga e trabalha apenas com contêineres, tipo de carga que São Francisco deixou de movimentar em 2017. Caso seja somada a movimentação do porto público com as cargas de Itapoá (8,9 milhões de toneladas), o complexo portuário de São Francisco do Sul chegaria a 22,7 milhões de toneladas, representando 50% de toda a carga movimentada pelos portos de Santa Catarina.

Destaque no cenário nacional

Para o presidente do Porto, Cleverton Vieira, os números demonstram a importância do complexo portuário como instrumento de geração de renda e propulsor da economia local e regional. “Temos orgulho de sermos parceiros estratégicos da cadeia produtiva catarinense. Na agricultura, por exemplo, o Porto importa insumos, como fertilizantes, e exporta o produto final, os grãos”, disse.

O crescimento recorde em 2021, segundo Vieira, coloca São Francisco do Sul como destaque no cenário portuário nacional e, ao mesmo tempo, aumenta consideravelmente a sua responsabilidade: “Temos o enorme desafio de trabalhar com eficiência para movimentar cada vez mais cargas, buscando escoar a produção catarinense, que vem crescendo todos os anos”.

Fonte: Clicsc

economia

BRDE contrata R$ 400 milhões para micro e pequenos negócios de Santa Catarina em 2021

Considerando o cenário de enfrentamento da pandemia, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), tradicionalmente focado em operações de longo prazo em diversos setores, vem nos últimos dois anos inovando. A renovação visa […]

economia

Santa Catarina alcança recorde histórico anual em abertura de empresas com saldo de mais 138 mil registros

O número de empresas abertas entre janeiro e dezembro de 2021 representou o maior recorde histórico anual nos 128 anos de existência da autarquia, segundo levantamento da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc). O saldo […]

economia

Porto de São Francisco tem aumento de 12% no número de navios atracados em 2021

Os números se referem ao porto público de São Francisco do Sul e ao terminal privado Tesc, que faz parte do complexo

economia

Consumo de GNV em Santa Catarina cresce 13% em 2021

Número de usuários também sobe e já são mais de112 mil veículos usando o combustível no Estado

economia

Cesta básica tem redução de preços no começo de 2022

Foram analisados 36 itens em oito estabelecimentos diferentes em Itajaí

Mais notícias

Segurança

Polícia prende assaltantes que se passavam por policiais em Joinville

Neste domingo (16), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville, realizou uma operação para prender assaltantes de residências e estabelecimentos comerciais que vinham praticando crimes na […]

Geral

Chuvas em MG elevam nível do São Francisco e ameaçam cidades baianas

Em Juazeiro, prefeitura começou hoje a retirar famílias