keyboard_backspace

Página Inicial

Coluna Pelo Estado

Saúde intensifica ações para acelerar cirurgias eletivas

Leia os bastidores da política de Santa Catarina na Coluna Pelo Estado desta terça-feira (21)

X
Divulgação/Epagri

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou uma série de reuniões técnicas nos hospitais de Santa Catarina para tratar do andamento das cirurgias eletivas pactuadas na Política Hospitalar Catarinense (PHC) de 2021. Atualmente, a fila é de 102.750 cirurgias eletivas em Santa Catarina. No primeiro trimestre deste ano, foram realizadas 34.202, sendo que a média mensal foi de 11.401. Ao mesmo tempo, entram 9.232 novos procedimentos para a fila. A meta da SES, pactuada com toda a rede hospitalar, é de 21.600 procedimentos mensais.

Na sexta-feira, 17, o secretário adjunto da pasta, Alexandre Lencina Fagundes, realizou agenda no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó; e no Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê. Nesta segunda-feira, 20, foi a vez do Hospital São Francisco, de Concórdia; e no Hospital Universitário Santa Terezinha, de Joaçaba. A nova Política Hospitalar Catarinense é uma importante ação para aumentar o número de cirurgias realizadas e diminuir as filas.

Ela permite um investimento de aproximadamente R$ 618,2 milhões nos hospitais estaduais neste ano. Os recursos são utilizados para custeio, manutenção e investimento (desde que previamente aprovado). Santa Catarina foi o estado que mais realizou cirurgias eletivas hospitalares em 2021, mesmo em ano de pandemia, segundo dados do Ministério da Saúde. Foram realizadas um total de 98.684 cirurgias eletivas, ou seja, 17% do montante de 578 mil feitas no país. Entre os estados do Sul, Santa Catarina foi o que mais realizou cirurgias eletivas como um todo, 350% a mais do que seus vizinhos. O Rio Grande do Sul fez 21.896, e o Paraná 20.045 procedimentos.

Os números também são positivos em cirurgias por habitante em comparação com todos os estados. Santa Catarina só perde pro Amapá, que tem uma população de 857 mil habitantes e realizou 43 mil cirurgias eletivas, enquanto o território catarinense possui 7.351.785 de habitantes e fez mais de 98 mil procedimentos.

Baleia Franca

O governador Carlos Moisés da Silva (Republicanos) sancionou na última semana projeto de lei do deputado Volnei Weber (MDB) que institui o Roteiro Turístico Caminhos da Baleia Franca em Santa Catarina. Trata-se da Lei 18.395/2022, que já está em vigor. Conforme a lei, a rota abrange os municípios de Imbituba, Garopaba e Laguna, no Sul do estado. O objetivo é estimular a observação das baleias e seus filhotes por meio de trilhas, costões e até em praias da região, além de estimular o turismo nesses municípios.

Vacinação

A partir desta segunda-feira, 20, a segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 pode ser aplicada em maiores de 40 anos. Os municípios catarinenses foram orientados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) que se tiverem doses disponíveis em estoque podem iniciar a aplicação neste público. É importante que a população verifique junto à Secretaria Municipal de Saúde a estratégia de vacinação adotada. A segunda dose de reforço deve ser aplicada com um intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço.

Exposuper

O sabor do campo e do mar de SC está cada vez mais presente nas redes de supermercados,não apenas por conta da qualidade dos produtos, mas pela oportunidade de negócios que a Epagri proporciona às agroindústrias catarinenses. Uma das mais importantes é a participação desses empreendimentos na Exposuper, que este ano será de 21 a 23 de junho, no Complexo Expoville, em Joinville, onde estarão presentes 11 empresas familiares rurais e pesqueiras.

Posição

O governador Carlos Moisés voltou a ser questionado sobre sua posição no cenário eleitoral nacional: “O mundo não se divide em quem odeia Lula e em quem odeia Bolsonaro, essa é uma questão importantíssima para a gente raciocinar aqui”, respondeu, acrescentando:
“Nós não vamos continuar mudando Santa Catarina com ódio e com brigas. Eu, particularmente, já tenho um lado, meu lado é Santa Catarina, é o catarinense. Então, eu vou construir soluções com quem é parceiro do nosso estado.”

Fundo Social

Mais de 90 projetos catarinenses que visam promover a saúde e o bem-estar de crianças, adolescentes e idosos estão recomendados na nova plataforma do programa Fundo Social, da Fiesc. A nova plataforma, desenvolvida pelo Instituto Senai de Tecnologia em Soluções Digitais, permite filtrar por entidade proponente do projeto, lei de incentivo, região do estado onde o projeto será executado, ou ainda por cidade. Desde o início do programa Fundo Social, mais de 230 projetos já foram recomendados pela plataforma, o equivalente a R$ 95 milhões.

Fonte: Clicsc

Coluna Pelo Estado

Confiança do industrial catarinense bate recorde em 2022

Leia os baistidores da política de Santa Catarina na Coluna Pelo Estado de hoje

Coluna Pelo Estado

Serviços do Governo do Estado poderão ser digitalizados

Leia os bastidores da política de Santa Catarina na Coluna Pelo Estado de hoje

Coluna Pelo Estado

Saiba dos bastidores da política de SC na Coluna Pelo Estado desta sexta-feira (10)

Coluna Pelo Estado

Saúde intensifica combate às doenças respiratórias

Leia os bastidores da política de Santa Catarina na coluna Pelo Estado de hoje

Mais notícias

Segurança

Morte de bebê de cinco meses em Criciúma é investigada pela Polícia Civil

O óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações