keyboard_backspace

Página Inicial

economia

SC disponibiliza R$ 1,5 milhão para apoiar produtores rurais atingidos pela enxurrada

Os produtores interessados em participar dos programas e de outras linhas de fomento devem procurar a Epagri do seu município

X

Os produtores rurais que tiveram prejuízos devido à enxurrada, que atingiu os municípios do Alto Vale do Itajaí no dia 17 de dezembro, contarão com o apoio do Governo do Estado para recuperação das infraestruturas danificadas.  A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural destinará mais de R$ 1,5 milhão para projetos de recuperação de estruturas danificadas na região de Rio do Sul.

O secretário da Agricultura, Ricardo de Gouvêa, explica que os programas foram criados para apoiar os produtores rurais e pescadores que sofreram prejuízos com fenômenos climáticos extremos, como o ciclone e o tornado que afetaram Santa Catarina no início do segundo semestre.

“Ampliamos os projetos Reconstrói e Recupera SC – Menos Juros, para dar um suporte também aos agricultores do Alto Vale do Itajaí que sofreram com a enxurrada. Vamos dar todo apoio necessário para que os produtores possam seguir em frente em suas atividades e recuperar o que foi perdido com essa tragédia que devastou os municípios da região de Rio do Sul”, destaca.

Os produtores interessados em participar dos programas e de outras linhas de fomento devem procurar a Epagri do seu município.

Projeto Reconstrói-SC

Com o Projeto Especial de Apoio à Recuperação de Infraestrutura das Propriedades Rurais e Pesqueiras, os produtores rurais poderão contrair financiamentos de até R$ 10 mil, com cinco anos de prazo para pagamento, dois anos de carência, com parcelas anuais e sem juros. A Secretaria da Agricultura dará uma subvenção de 50% para cada parcela paga em dia.

Os recursos devem ser utilizados para a recuperação das estruturas destruídas pela enxurrada e para minimizar os prejuízos causados. Para se beneficiar do Reconstrói – SC, os produtores e pescadores devem ter renda bruta anual de até R$ 415 mil e, no mínimo, 50% da renda oriunda de atividades agropecuárias, nos municípios afetados e priorizados pelas regras do Projeto.

Recupera SC – Menos Juros

Com o Projeto Recupera-SC – Menos Juros, a Secretaria da Agricultura irá subvencionar os juros de financiamentos contraídos para reconstrução de sistemas produtivos.

Os produtores rurais poderão contrair financiamentos junto aos agentes bancários, em um limite de R$ 40 mil e com prazo de até oito anos para pagar. A Secretaria da Agricultura pagará os juros do investimento em até 4% ao ano.

Poderão ser apoiados projetos de investimentos na recuperação dos sistemas produtivos, incluindo benfeitorias, embarcações, máquinas e equipamentos danificados.

Para participar do Projeto, os produtores rurais devem ter renda bruta anual de até R$ 415 mil e morar nos municípios afetados pela enxurrada, contemplados em decreto de estado de calamidade pública do poder executivo estadual, bem como decretos municipais, reconhecidos pela Defesa Civil estadual.

economia

Vídeo: Construção civil manteve crescimento na Costa Esmeralda, mesmo com pandemia

A construção civil fechou o ano de 2020 com um desempenho acima do esperado na região da Costa Esmeralda, mesmo com a pandemia do coronavírus. O balanço foi feito na manhã desta sexta-feira (15) durante […]

economia

Balneário Camboriú reduz temporariamente alíquota de ITBI para estimular regularizações de imóveis

A nova alíquota vale para os pedidos protocolados até o dia 30 de abril deste ano, e com pagamento em parcela única

economia

Fábio da Veiga assume a Superintendência do Porto de Itajaí

Fábio da Veiga retorna ao comando do Porto de Itajaí. Ele teve sua nomeação confirmada oficialmente através do Jornal do Município em 01º de janeiro de 2021. Prioridade em sua gestão será dar sequência as […]

economia

Fiesc defende viabilidade de novas ferrovias em SC

Na atualização proposta para a Ferrovia Litorânea (SC), deve ser avaliada uma alternativa viável para a zona metropolitana de Florianópolis

economia

Preço do material escolar pode variar até 194,69%

Foram consultados os 23 itens básicos solicitados nas relações de materiais escolares

Mais notícias