keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

SC: Oito horas após provocar acidente que matou criança, motorista ainda estava bêbado

A menina chegou a ser socorrida com vida pelos bombeiros, mas não resistiu

X

O motorista responsável por provocar o acidente que matou uma menina de cinco anos em Rio Negrinho na manhã deste domingo (19) estava bêbado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), oito horas após o acidente o homem fez o teste do bafômetro e o resultado ainda deu positivo para a presença de álcool. Ele foi preso em flagrante.

O acidente ocorreu por volta das 6h na BR-280. O carro Punto invadiu a contramão na altura do Km 134 e bateu de frente na Ecosport  com placas de Joinville onde estava a menina, os pais e um irmão mais velha dela. Todos se feriram. A pequena chegou a ser socorrida com vida pelos bombeiros, mas não resistiu.

De acordo com a PRF, não foi possível fazer o teste de alcoolemia logo após o acidente porque a condutor do Punto precisou de atendimento médico. Pouco depois, os agentes estiveram na unidade de saúde para tentar fazer o bafômetro, mas novamente não foi possível porque o paciente aguardava por exames.

Às 13h30min, quando teve alta médica, o homem fez o teste que apontou 0,25 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Para a PRF, o resultado após quase oito horas do acidente demonstra o quão bêbado estava o condutor no momento da batida. De acordo com a polícia, o homem admitiu ter ingerido álcool durante um baile. O homem voltava para casa, em São Bento do Sul, no momento do acidente. No veículo com ele estavam mais três homens. Um deles foi socorrido inconsciente com traumatismo craniano.

A família na Ecosport seguia sentido Mafra, segundo os socorristas. O pai chegou a ficar preso às ferragens e precisou ser desercarcerado. O irmão de 10 anos também precisou ser levado ao hospital por causa de dores na região do quadril, em virtude do cinto de segurança. A mãe foi levada ao hospital com a filha que nao resistiu.

Quando os bombeiros chegaram na cena encontraram a pequena nos braços da mãe com traumatismo craniano e uma fratura exposta na testa. De acordo com a mãe, a menina estava na cadeirinha no momento do acidente, mas os bombeiros acreditam que não estava bem presa e, por isso, teria se ferido com tanta gravidade.

Segurança

Polícia prende assaltantes que se passavam por policiais em Joinville

Neste domingo (16), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville, realizou uma operação para prender assaltantes de residências e estabelecimentos comerciais que vinham praticando crimes na […]

Segurança

Polícia prende quatro homens por furto de mais de 43 toneladas de milho

A Polícia Civil efetuou a prisão de quatro homens (de 21 anos, dois de 31 anos e 46 anos), em razão da prática do crime de furto de 43.600 quilos de milho e pelo crime […]

Segurança

Polícia Civil deflagra operação contra quadrilha do tráfico de drogas em cidades catarinenses

A Polícia Civil deflagrou nesta segunda-feira (17) a operação “All In” com o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão contra suspeitos dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e […]

Segurança

Homem leva choque em jet-ski e morre afogado em praia de Santa Catarina

Um banhista morreu afogado depois de ser eletrocutado no mar da praia de Governador Celso Ramos neste domingo (16). Outras duas vítimas também levaram choque elétrico. Tudo aconteceu quando o trio tentava engatar um cabo […]

Segurança

Acidente com carreta deixa dois motociclistas mortos em rodovia catarinense

Ainda não há detalhes sobre como ocorreu o acidente e nem a identidade das vítimas

Mais notícias

Segurança

Polícia prende assaltantes que se passavam por policiais em Joinville

Neste domingo (16), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Joinville, realizou uma operação para prender assaltantes de residências e estabelecimentos comerciais que vinham praticando crimes na […]

Geral

Chuvas em MG elevam nível do São Francisco e ameaçam cidades baianas

Em Juazeiro, prefeitura começou hoje a retirar famílias