keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

SC: Telhado de festa infantil desaba, deixa 15 feridos e uma criança de 2 anos morta

Acredita-se que ao menos 50 pessoas estavam no local no momento do acidente.

X

O desabamento do telhado de um pavilhão onde ocorria uma festa infantil deixou ao menos 15 pessoas feridas, na noite deste sábado (11), na Linha Porto Chalana, no interior de Guatambu, no Oeste de Santa Catarina. Uma criança de apenas 2 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A festa reunião imigrantes, em sua maioria venezuelanos.

A informação da morte da criança foi confirmada pelo delegado de Polícia Civil, Éder Matte, que estava de plantão na CPP (Central de Plantão Policial). Segundo ele, as informações ainda são bastante desencontradas, mas acredita que ao menos 50 pessoas estavam no local no momento do acidente.

“Algumas pessoas tiveram lesões leves e outras com maior gravidade, entre eles uma criança de dois anos que infelizmente morreu”, lamentou. A Polícia Civil vai verificar as circunstâncias e apurar o que realmente aconteceu e o que levou ao desabamento da estrutura.

Vítimas

Eduardo Sfreddo, diretor do hospital de Caxambu do Sul, informou que em torno de 13 pacientes, entre eles três com gravidade, foram encaminhados ao hospital.

“Fizemos uma força-tarefa com vários profissionais, inclusive de folga e do município de Planalto Alegre que vieram ajudar. Os pacientes foram atendidos e depois transferidos com o apoio de seis ambulâncias dos municípios e três do Samu”, relatou.

O Corpo de Bombeiros Militar atendeu uma das vítimas, uma jovem de 20 anos no Hospital de Caxambu do Sul. Na sequência, ela foi transferida para o HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó.

Segundo os socorristas, ela tinha um corte na cabeça e apresentava suspeita de traumatismo craniano e de fratura na perna direita. Uma segunda vítima, um jovem de 22 anos, foi atendido com ferimento no rosto. Ele também foi levado ao HRO pelos bombeiros.

Outras vítimas, entre elas crianças, foram atendidas e socorridas por ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Chapecó, São Carlos, além das ambulâncias de municípios próximos. Ainda não há atualização sobre a quantidade exata de feridos e o estado de saúde das vítimas.

O desabamento do telhado de um pavilhão onde ocorria uma festa infantil deixou ao menos 15 pessoas feridas, na noite deste sábado (11), na Linha Porto Chalana, no interior de Guatambu, no Oeste de Santa Catarina. Uma criança de apenas 2 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A festa reunião imigrantes, em sua maioria venezuelanos.

A informação da morte da criança foi confirmada pelo delegado de Polícia Civil, Éder Matte, que estava de plantão na CPP (Central de Plantão Policial). Segundo ele, as informações ainda são bastante desencontradas, mas acredita que ao menos 50 pessoas estavam no local no momento do acidente.

“Algumas pessoas tiveram lesões leves e outras com maior gravidade, entre eles uma criança de dois anos que infelizmente morreu”, lamentou. A Polícia Civil vai verificar as circunstâncias e apurar o que realmente aconteceu e o que levou ao desabamento da estrutura.

Vítimas

Eduardo Sfreddo, diretor do hospital de Caxambu do Sul, informou que em torno de 13 pacientes, entre eles três com gravidade, foram encaminhados ao hospital.

“Fizemos uma força-tarefa com vários profissionais, inclusive de folga e do município de Planalto Alegre que vieram ajudar. Os pacientes foram atendidos e depois transferidos com o apoio de seis ambulâncias dos municípios e três do Samu”, relatou.

O Corpo de Bombeiros Militar atendeu uma das vítimas, uma jovem de 20 anos no Hospital de Caxambu do Sul. Na sequência, ela foi transferida para o HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó.

Segundo os socorristas, ela tinha um corte na cabeça e apresentava suspeita de traumatismo craniano e de fratura na perna direita. Uma segunda vítima, um jovem de 22 anos, foi atendido com ferimento no rosto. Ele também foi levado ao HRO pelos bombeiros.

Outras vítimas, entre elas crianças, foram atendidas e socorridas por ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Chapecó, São Carlos, além das ambulâncias de municípios próximos. Ainda não há atualização sobre a quantidade exata de feridos e o estado de saúde das vítimas.

Fonte: ND+

Segurança

Homem descumpre medida protetiva contra ex-mulher e acaba preso em Gaspar

Ela possuía medida protetiva de afastamento e proibição de manter contato desde o ano passado

Segurança

Polícia apreende 400 mil maços de cigarros contrabandeados em Chapecó

O veículo, a mercadoria e o condutor foram entregues na Polícia Federal

Segurança

Menino de 13 anos morre após ser brutalmente espancado na saída de escola

Garoto tinha problemas de saúde, sofria convulsões e teria passado mal após a briga

Segurança

Começa nova etapa da remoção de veículos apreendidos em São José

Os trabalhos são realizados na Central de Plantão Policial (CPP/PCSC) de São José

Segurança

Justiça condena motorista de aplicativo que violentou estudante em Florianópolis

No trajeto motorista se aproveitou do da vítima que estava embriagada para tocar suas partes íntimas

Mais notícias

Geral

Âncora da CNN comete gafe e fala palavrão ao vivo; Veja o vídeo

Internautas não perdoaram e vídeo viralizou na web

Segurança

Homem descumpre medida protetiva contra ex-mulher e acaba preso em Gaspar

Ela possuía medida protetiva de afastamento e proibição de manter contato desde o ano passado