keyboard_backspace

Página Inicial

economia

SC termina 2020 com o maior saldo de empregos formais do Brasil

O dado foi confirmado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia

X
Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Santa Catarina teve o melhor resultado do país na geração de empregos formais em 2020. O dado foi confirmado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia na manhã desta quinta-feira (28). Ao todo, foram geradas 53.050 vagas com carteira assinada no Estado no ano passado. O número representa 37,1% de todos os 142.690 empregos criados no Brasil em 2020. Para o governador Carlos Moisés, o dado mostra a competitividade da economia catarinense.

“Santa Catarina se manteve com a menor taxa de desemprego do país ao longo dos últimos anos. Isso reflete a confiança do setor empresarial em nosso Estado, onde há segurança jurídica e boas condições para se investir, gerando emprego e renda. Em 2020, tivemos a pandemia de Covid-19, que afetou a economia de todo o mundo, e, mesmo assim, conseguimos terminar o ano com um saldo expressivo na geração de empregos. É um resultado que deve ser comemorado, mas que não pode gerar relaxamento. Seguiremos com o trabalho forte para que Santa Catarina siga avançando”, conta o governador.

Todos os setores econômicos registraram incremento no número de vagas no ano de 2020 em Santa Catarina. O melhor resultado veio da indústria, com um saldo de 25.452 empregos. Na sequência, aparece o setor de serviços, com 17.776 de saldo. O comércio surge em terceiro lugar, com 7.141 empregos criados em 2020. A construção civil (2.051) e a agropecuária (630) fecham a lista.

Ao longo de 2020, Santa Catarina teve 1.052.937 admissões e 999.887 demissões, segundo o Caged. No mês de dezembro, o saldo ficou negativo em 11.677 vagas. O último mês de ano normalmente registra mais demissões que admissões por conta da extinção de empregos temporários criados em meses anteriores.

Destaque nacional

Em 2019, Santa Catarina já havia sido destaque nacional ao registrar a melhor geração de emprego dos últimos nove anos, com 71.406 novas vagas. Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Celso Albuquerque, trata-se de um reconhecimento da gestão correta adotada pelo Governo Estadual nos últimos dois anos. Ele também destaca a importância de se ter um emprego em um momento tão complicado como o atual.

“O emprego representa a dignidade das pessoas em poder pagar suas contas. Santa Catarina é um estado diferenciado, e o destaque no cenário nacional reforça a capacidade empreendedora do catarinense mesmo frente às adversidades. Continuamos trabalhando focados no nosso papel de construir oportunidades para o crescimento e desenvolvimento sustentável por meio de políticas públicas e ações que trazem competitividade e segurança aos empresários”, avalia.

Fonte: Clicsc

economia

Governo vai selecionar projetos de transformação digital

A estratégia visa a digitalização de 100% dos serviços públicos no âmbito federal, com economia de recursos

economia

Agência Nacional de Transportes Terrestres vai atualizar valores dos Pisos Mínimos de Frete

A variação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10% será considerada

economia

Programa Coopera Empreendedor inicia a primeira turma de 2021

O programa que já beneficiou mais de mil empresas, selecionou nesta edição 173 cooperados empreendedores que receberão consultorias especializadas

economia

Santa Catarina tem mais de quatro mil vagas de emprego no Sine

Há oportunidades em 55 municípios catarinenses para todos os níveis de escolaridade, com ou sem experiência.

economia

Diesel está 11,36% mais caro que em outubro de 2020

Combustível ultrapassou R$ 4,00 em fevereiro e os dois tipos, comum e S-10, registraram valores acima de todos os meses de 2020

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

coronavirus

Professor de História morre de Covid-19 em Itajaí

Edson também atuava como fotógrafo, especializado em observação de aves