keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Serial killer que matou homossexuais em SC e PR é preso pela polícia

Os três homens foram encontrados mortos na cama de suas residências com sinais de asfixia e tiveram pertencentes roubados.

X
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu o suspeito de três latrocínios contra homossexuais ocorridos entre os dias 16 de abril e 4 de maio deste ano, em Curitiba, no Paraná, e em Abelardo Luz, no estado de Santa Catarina (SC). A captura aconteceu neste sábado (29), no bairro Capão Raso, em Curitiba.

O indivíduo é responsável pelas mortes de David Júnior Alves Levisio, ocorrida no dia 27 de abril e Marco Vinício Bozzana da Fonseca, morto no dia 4 de maio, ambas na capital paranaense. Ele também é suspeito do latrocínio de Robson Olivino Paim, no dia 16 de abril, em Abelardo da Luz (SC).

Ainda no dia 11 de maio, o homem tentou matar mais um homossexual, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Na ocasião, a vítima conseguiu resistir ao ataque, mas teve alguns bens subtraídos. As três vítimas eram homossexuais e moravam sozinhas. Os três homens foram encontrados mortos na cama de suas residências com sinais de asfixia e tiveram pertencentes roubados.

De acordo com as investigações, o suspeito marcava os encontros por aplicativos de relacionamento entre homossexuais. Em um primeiro momento, o indivíduo trocava fotos com as vítimas e posteriormente se deslocava até a residência, ao chegar no o local as estrangulava. Após o sufocamento as cobria com cobertas.

Inicialmente os casos foram tratados como homicídio, porém foram identificados pertences subtraídos dos locais. Após investigações de alta complexidade, foram realizadas diligências para identificar o suspeito e em sequência capturar o indivíduo. Durante as investigações a PCPR ainda contou com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC).

Fonte: Clicsc

Segurança

Rambo catarinense: Policial de SC com treinamento de selva pede licença para caçar Lázaro Barbosa

Nesta segunda-feira (21), Igor enviou um ofício para a administração da Colônia Penal Agrícola da cidade, onde pediu uma licença prêmio de 15 dias

Segurança

Mulher é presa em Porto Belo suspeita de maltratar cachorros

Os animais foram recolhidos e após estarem aptos e castrados serão doados.

Segurança

Polícia apreende quase R$2 milhões em cocaína com ajuda de cão farejador

O motorista, de 48 anos, disse que buscou a droga em Campo Grande/MS e a levaria até Santa Maria/RS

Segurança

Homem é preso com pedras preciosas, drogas e arma no litoral de SC

Ao delegado Eduardo Ferraz, o homem disse que apresentará a documentação das pedras.

Segurança

Entrevista com a esposa de Lázaro: ‘Ele era marido bom e não irá se entregar; veja

Jornalista Roberto Cabrini conversou com a esposa do Lázaro Barbosa no Domingo Espetacular

Mais notícias

Geral

Prefeitura de São José promove o incentivo à alimentação e à agricultura familiar

Atualmente o Município conta com 19 agricultores familiares vinculados, sendo ofertados mais de 30 produtos orgânicos,