keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Suspeito de matar policial em SC fez reféns e reclamou que faltava comida na casa

Assalto aconteceu no começo da manhã em Massaranduba, em uma região próxima ao limite com Blumenau

X
Imagem Ilustrativa

O suspeito de matar um policial de Blumenau invadiu a casa de uma família de Massaranduba, passou a noite escondido no sótão da residência e rendeu os moradores na manhã de ontem, sexta-feira (29). Durante as ameaças, chegou a reclamar que havia pouca comida na cozinha para ele se alimentar. O homem fugiu em direção a Blumenau, onde foi perseguido, bateu o veículo contra um muro e conseguiu escapar a pé.

O assalto aconteceu no começo da manhã em Massaranduba, em uma região próxima ao limite com Blumenau. Segundo informações da Polícia Militar, o homem passou a noite no sótão do imóvel, conforme averiguado em imagens de câmeras de segurança de casas vizinhas.

Nesta manhã, desceu do sótão e abordou a família. Mandou todos ficarem de joelho, ameaçou agredir o casal com uma faca e um facão e reclamou que havia pouca comida na cozinha. Na sequência, pegou a chave da caminhonete das vítimas e fugiu.

Já em Blumenau, uma viatura da Polícia Militar que subia pela Rodovia Pedro Zimmermann para ajudar nas buscas pelo ladrão, que naquela altura já havia sido denunciado pelos reféns, observou a caminhonete em fuga. Uma perseguição começou.

Ao entrar na Rua Valmira Martina, que fica aos fundos da Padaria Bublitz, no bairro Itoupava Central, o suspeito desceu do veículo em movimento para escapar da PM, deixou que ele batesse contra um muro e correu. A viatura levou segundos para alcançá-lo, mas ele não foi pego.

Moradores disseram à polícia que o homem fugiu passando por terrenos em vias transversais. Agora, o Bope e outros policiais estão na mata procurando pelo condutor.

Relembre o caso

O cabo Maciel atendia uma ocorrência na SC-108 em Massaranduba na noite de domingo (24) quando percebeu o carro em alta velocidade fugindo de outra guarnição e deu ordem de parada ao veículo. O motorista ignorou e atingiu o agente.

Os bombeiros chegaram a prestar socorro, a vítima foi levada ao hospital, mas não resistiu diante da gravidade dos ferimentos.

Após cometer o crime, o homem abandonou o carro e correu para o mato. No veículo os policiais encontraram a esposa do criminoso trancada.

Maciel tinha 40 anos e trabalhava no posto da Polícia Militar Rodoviária de Blumenau há 10 anos. O militar, que ingressou na PM de SC em 16 de janeiro de 2006, deixou esposa e dois filhos.

Fonte: Clicsc

Segurança

Mulher foragida é presa em operação contra o tráfico de drogas em Indaial

O objetivo da investigação é coibir o fornecimento de drogas para as regiões de Ascurra, Apiúna e Rodeio

Segurança

SC: Acusado de matar ex-companheira e jogar corpo em lago fica calado na primeira audiência

De acordo com a denúncia, a vítima pretendia terminar o relacionamento na noite de 2 de dezembro do ano passado

Segurança

Idoso morre esmagado por trator no Oeste catarinense

Quando o Corpo de Bombeiros chegou no local da ocorrência, encontraram o homem embaixo do veículo

Segurança

Detento é morto por colega de cela na penitenciária de Blumenau

O corpo foi recolhido pela Polícia Científica para perícia cadavérica

Segurança

Ciclone Yakecan já provocou duas mortes no RS e Uruguai

O corpo de Ademar Silveira da Silva foi encontrado na manhã desta terça-feira (17)

Mais notícias

Geral

Tempestade Yakecan: ventos já passaram de 75km/h e Defesa Civil monitora fenômeno

De acordo com a Defesa Civil, até a noite de quarta-feira, 18, o sistema pode se intensificar e ganhar características de Tempestade Tropical, trazendo ventos sustentados, que são contínuos, de 75 km/h.

Economia

Negócios: Estado é apresentado para 30 países no SC Day

Evento foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília