keyboard_backspace

Página Inicial

coronavirus

TCE avalia investigar municípios que mudaram critérios de vacinação

Macário afirma que não foi registrado pela SES nenhuma alteração de prioridade pelos municípios

X
Divulgação

A equipe técnica do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE) avalia se investigará os 23 municípios que informaram que utilizaram regras paralelas para vacinação contra a Covid. Os dados foram coletados pelo próprio órgão que, em relatório, diz que somente uma apuração profunda pode identificar se houve irregularidade ou se houve uma adaptação das regras para as condições locais. Caso a prefeitura não siga os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, as autoridades municipais podem responder criminalmente pelo caso. 

Os dados foram divulgados na segunda-feira (12), em um estudo da Diretoria-Geral de Controle Externo (DGCE) do TCE. Segundo a pesquisa, 21,7% das prefeituras que possuem plano municipal de vacinação – ou 23 cidades – utilizaram grupos prioritários diferentes dos planos Nacional e Estadual. Além disso, 78,3% – ou 83 cidades – que tem plano municipal mantiveram os mesmos grupos. 

Os 23 municípios são: Balneário Camboriú, Barra Bonita, Blumenau, Bocaina do Sul, Brunópolis, Campos Novos, Capão Alto, Coronel Freitas, Coronel Martins, Jaguaruna, Joinville, Lajeado Grande, Mirim Doce, Modelo, Otacílio Costa, Papanduva, Passos Maia, Porto União, Pouso Redondo, Praia Grande, Presidente Getúlio, Santa Rosa do Sul e Vidal Ramos.

A mudança de critérios foi pauta constante nas discussões da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), fórum que reúne a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e as secretarias municipais de saúde. Durante as reuniões, o titular da SES, André Motta Ribeiro, defendeu o seguimento das regras nacionais e avisou que “seu CPF” estava em jogo caso os grupos não correspondessem com os definidos pelo Ministério da Saúde. 

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, Eduardo Macário, a pasta aguarda ser oficiada do estudo do TCE para se manifestar oficialmente, mas acredita que houve um erro na informação dos dados ou falta de entendimento dos municípios no momento da resposta. Macário afirma que não foi registrado pela SES nenhuma alteração de prioridade pelos municípios

Fonte: Clicsc

coronavirus

Santa Catarina deve receber mais 222,7 mil doses de vacina nos próximos dias

Os lotes são voltados à vacinação de grupos prioritários e seguimento da imunização por faixa etária

coronavirus

Centro de Triagem de Itapema terá novo horário de atendimento na próxima semana

O serviço funcionará de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma mais dois casos importados da variante Delta

Desta forma, Santa Catarina confirma a identificação de sete casos importados (transmissão fora do estado) da variante Delta até o momento.

coronavirus

Tóquio tem segundo dia seguido com recorde de novos casos de covid-19

O aumento intensificará as preocupações em relação aos Jogos, que estão sendo realizados sob condições sem precedentes, incluindo a proibição de torcedores na maioria dos locais de competição.

coronavirus

Gestantes e puérperas que tomaram 1ª dose de AstraZeneca devem receber 2ª dose de outro fabricante em Itajaí

Caso o período de 45 dias após o parto já tenha passado está liberada a aplicação da mesma vacina

Mais notícias

Cidades

Itajaí terá sistema de tratamento de lodo que contribuirá para preservação do Rio Itajaí-Mirim

Semasa autorizou nesta semana o início da obra com investimento de R$ 8 milhões

economia

Santa Catarina terá ampliação de suprimento de Gás Natural

Após conclusão da Chamada Pública da SCGÁS, suprimento adicional destinado à Região Sul do Estado será fornecido pelo modal GNL a partir de março de 2022