keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Três pessoas são esfaqueadas e duas apedrejadas em briga generalizada em SC

Pelo menos duas pessoas foram socorridas com ferimentos graves

X
Divulgação

Uma briga generalizada deixou cinco pessoas feridas – três pessoas foram esfaqueadas e outras duas ficaram feridas após serem atingidas por pedras. Os ferimentos foram causados durante a briga que aconteceu em um bar, na tarde de ontem (7), por volta das 17h, na Linha Prata, interior de Bandeirante – no Oeste Catarinense.

O Corpo de Bombeiros foi acionado ao local e atendeu as vítimas. Pelo menos duas pessoas foram socorridas com ferimentos graves. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

A Polícia Militar também foi acionada ao local para atender a ocorrência e fazer o levantamento. Não há detalhes do motivo da briga.

Fonte: Clicsc

Segurança

Mais de 22 mil garrafas de vinho são apreendidas na fronteira com a Argentina

As garrafas apreendidas, algumas com valor de revenda no varejo próximos a R$ 2 mil, somaram um valor estimado de R$ 4 milhões.

Segurança

“Minha segunda voz na vida”, diz cantor Leonardo sobre amigo que morreu com disparo acidental

Cantor escreveu texto emocionante de despedida a Milton Rodrigues, morto por um disparo acidental de arma de fogo

Segurança

Bombeiros encontram homem desaparecido por dois dias em Luiz Alves

O homem, de 51 anos, foi encontrado no final da manhã, próximo ao Morro do Baú.

Segurança

Policiais continuam fiscalização para cumprimento dos regramentos sanitários da Covid-19

Após um fim de semana de 31 horas de fiscalização e monitoramento para manter as medidas sanitárias contra a propagação da Covid-19 em Santa Catarina, Polícia Militar e Polícia Civil seguem nesta semana realizando ações […]

Mais notícias

coronavirus

Itapema aplicou mais de 1500 vacinas contra o coronavírus

O programa está disponível para público-alvo da primeira fase da imunização conforme o Plano Nacional

Segurança

Mais de 22 mil garrafas de vinho são apreendidas na fronteira com a Argentina

As garrafas apreendidas, algumas com valor de revenda no varejo próximos a R$ 2 mil, somaram um valor estimado de R$ 4 milhões.