keyboard_backspace

Página Inicial

coronavirus

Vacinação contra Covid-19 amplia para pessoas com 50 anos nesta sexta-feira

. A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira

X

A partir desta sexta-feira (25), Balneário Camboriú começa a vacinar contra Covid-19 pessoas com 50 anos ou mais. A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira. Nas demais unidades de saúde ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. Para se vacinar é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência.

As gestantes, puérperas (45 dias após o parto) e as lactantes que amamentam crianças de até 6 meses de idade devem se vacinar nas unidades de saúde, para receber a vacina adequada. É necessário apresentar: relatório/prescrição médica e carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, além de documento com foto e comprovante de residência para gestantes com 18 anos ou mais; e declaração de nascimento da criança e certidão de nascimento ou relatório médico, além de prescrição indicando a vacina Covid-19, documento com foto e comprovante de residência para puérperas e lactantes com 18 anos ou mais.

Quem mais pode receber a vacina?

Também estão aptos a receber a vacina pessoas de 18 anos ou mais com comorbidades (disponível em www.bc.sc.gov.br), síndrome de Down, transplantados, portadores de fibrose cística e pessoas com deficiência permanente. É necessário apresentar comprovante médico válido por um ano, além de documento oficial com foto e comprovante de residência.

A imunização está sendo feita em professores e auxiliares que atuam em Educação Especial e em Educação Infantil, Fundamental, Médio, Superior, além de profissionais da educação que atuam de forma presencial ou remota. Também ocorre em profissionais da equipe técnica, administrativa e pedagógica que atuam na execução do Plano de Contingência para a Educação (PlanConEdu). A imunização destes profissionais é feita na cidade em que atuam. É necessário apresentar documento oficial com foto e declaração comprobatória assinada pelo gestor da unidade escolar.

Profissionais de saúde com mais de 18 anos, que atuam em clínicas com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), também podem receber a vacina. É necessário levar documento oficial com foto e comprovante de vínculo empregatício.

Os efetivos e estagiários das Forças de Segurança, Salvamento e Armadas também estão recebendo a vacina. Para isso, é preciso apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e comprovante de vínculo empregatício assinado pela chefia da corporação.

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.103.428 casos, 1.071.386 recuperados e 17.794 mortes

Atualmente, há 1.544 leitos de UTI Adulto ativos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado, dos quais 1.173 estão ocupados, sendo 648 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19.

coronavirus

Vacinação contra Covid-19 será na UBS Central de BC neste sábado

Para se vacinar é preciso apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência

coronavirus

Gestantes e puérperas vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca podem tomar segunda dose de outro fabricante

Na ausência da vacina deste fabricante, a Coronavac (Sinovac/Butantan) também poderá ser usada como segunda dose.

coronavirus

Anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Testes em laboratório mostram que variante Gamma não é neutralizada

Mais notícias

Esportes

Grupo de capoeira realiza evento para a família em Itapema

O evento contou com apresentações de capoeira, um momento de contação de história da manifestação cultural e um piquenique entre os presentes

Política

Presidente da Câmara de Itapema sugere força-tarefa para atender moradores de rua durante onda de frio histórica

A forte queda de temperatura prevista a partir desta terça, dia 28/07, motivou a iniciativa do parlamentar, que pede à Prefeitura urgência na divulgação de orientações sobre como ajudar e também alertas à população