keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Vídeo: Moto com 3 pessoas, sendo uma criança, é atingida por caminhonete

Na moto, havia três pessoas. O condutor, um passageiro e uma criança de três ano

X
Divulgação

Um acidente deixou três pessoas feridas, dentre elas uma criança, no Centro de Camboriú na noite da última sexta-feira (10). O que chama a atenção é que as três vítimas estavam em uma moto.

O acidente foi entre a moto e uma caminhonete. A batida foi flagrada por uma câmera de segurança. O condutor da caminhonete ignorou a sinalização de parada no cruzamento e atingiu a moto.

Na moto, havia três pessoas. O condutor, um passageiro e uma criança de três anos. As vítimas foram atendidas pelo Samu e pelo Corpo de Bombeiros e levadas ao pronto-socorro do Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

A criança teve uma luxação na perna esquerda. Já o condutor teve uma fratura na perna esquerda, e o passageiro teve apenas escoriações leves. As vítimas podem representar criminalmente contra o motorista do carro.

Fonte: Clicsc

Segurança

Operação policial prende 500 kg de carne de cavalo em Santa Catarina

Investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico

Segurança

Acidente entre duas carretas bloqueia a BR-376 entre o PR e SC

O trecho do acidente é o mesmo em que um ônibus tombou no início deste ano, causando a morte de 19 pessoas

Segurança

PF cumpre 10 mandados contra tráfico de drogas de SC para a África

A Operação, batizada de Coroa pela PF, dá continuidade à investigação instaurada para desarticulação de um grupo responsável pela exportação de 2,8 toneladas de cocaína no início de julho

Mais notícias

Cidades

Primeira parte do alargamento da praia de BC fica pronto nesta sexta-feira

Retirada da tubulação do trecho sul e a liberação desta parte da praia para a população, está prevista para ocorrer em cerca de 10 dias

Segurança

Operação policial prende 500 kg de carne de cavalo em Santa Catarina

Investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico