keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

VÍDEO: Prédio de 79 andares balança e deixa população em pânico na China

Motivo da instabilidade é um mistério, inclusive para os engenheiros e técnicos

X

Diversas pessoas correram pelas ruas de Pequim, na China, durante a terça-feira (18), após um arranha-céu de quase 300 metros de altura balançar. Apesar do grande susto, o prédio balançou, mas não caiu. O motivo da instabilidade é um mistério, inclusive para os engenheiros e técnicos.

O prédio é relativamente recente. Chama-se SEG Plaza e é um dos edifícios mais famosos de Shenzhen, metrópole que faz fronteira com Hong Kong. Na China, a rede social oficial Weibo anunciou que está correndo uma apuração, embora ainda sem solução. O que se sabe é que tremor algum foi detectado na cidade.

Assim, por que o arranha-céu balançou?

Os ocupantes entraram em pânico, promovendo uma correria coletiva. Vale lembrar que cinco dos arranha-céus mais altos do mundo estão na China. Desde o ano passado o país proibiu a construção de prédios com mais de 500 metros de altura. Apesar desse cuidado, jamais foi registrada a queda de um arranha-céu na China. Entretanto, em março de 2020, um hotel usado como local de quarentena contra o coronavírus desabou na província de Fujián, matando 29 pessoas.

Geral

Recepcionista da Prefeitura de Tijucas é pedida em namoro com faixa e buquê de flores no trabalho

O clima foi de romance no amanhecer de terça-feira (22) no paço municipal da Prefeitura de Tijucas. Enquanto trabalhava, a recepcionista Thayrinne Passos foi surpreendida no trabalho por um pedido de namoro inusitado! O pretendente […]

Geral

UniAvan participa da próxima edição da ExpoeduVirtual Internacional Brasil 2021

Todos os alunos podem participar gratuitamente do evento que será 100% on-line

Geral

Raro gamba albino é resgatado em Porto Belo

O Gambá albino está sendo acompanhado pelo biólogo e pela Veterinária do GOR

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.

Geral

Tribunal do Júri condena três integrantes de facção criminosa que decapitaram rival e filmaram o crime em SC

Após matar a vítima, o grupo decapitou e enterrou o corpo na tentativa de ocultar o crime. O cadáver só foi encontrado no dia 30 de janeiro de 2019.

Mais notícias

Segurança

Homem morre eletrocutado tentando furtar fio elétrico em Itajaí

Para derrubar a fiação, que fica a uma altura de aproximadamente quatro metros, ele usou um pedaço de madeira com um cano com uma serra na ponta