keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Vídeo: Suspeito de assalto em Criciúma é preso escondido no mato

Os policiais que estavam fazendo o perímetro da área prenderam um homem que fugiu para o mato

X

Forças de segurança já prenderam nove suspeitos do assalto ao Branco do Brasil em Criciúma. Dois novos suspeitos foram detidos no final da manhã desta quinta-feira (03), na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma casa alugada por aplicativo e prendeu um suspeito de Minas Gerais. Na mesma ação, os policiais que estavam fazendo o perímetro da área prenderam um homem que fugiu para o mato.

Mais cedo, um suspeito foi preso em uma casa de Morrinhos do Sul, município gaúcho, localizado a 125 km de Criciúma. Informalmente, o indivíduo falou ao BOPE que ganhou R$ 5.000 para ir à casa fazer a queima dos objetos.

A polícia informou que o local deve ter sido utilizado como transição de fuga pelos assaltantes. Na casa foram encontrados vários vestígios que indicam participação no roubo ao Banco do Brasil, como roupas com sangue, acionador para explosivos, oito telefones celulares e um veículo furgão.

Outros cinco suspeitos por envolvimento no assalto a banco em Criciúma foram presos na tarde de quarta-feira (02). Três deles foram detidos entre Torres/RS e Passo de Torres/SC e dois foram presos em um viaduto da BR-116 em São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre.

Segurança

PM de Balneário Camboriú esclarece suposto sequestro de criança por motorista de aplicativo

Um vídeo de câmeras de segurança mostra o momento em que um suposto sequestro de criança acontece na Rua 3.900, no Centro de Balneário Camboriú. O caso, no entanto, não se trata de um sequestro. […]

Segurança

Após atropelar mulher, motorista jogou cabeça da vítima em matagal de São José

Polícia Civil desvenda caso da cabeça humana encontrada em São José

Segurança

PF prende dois empresários, suspeitos de fraudes em contratos da saúde no governo de SC

Segunda fase da operação Alcatraz foi deflagrada nesta terça (19) e também prendeu o presidente da Alesc, Júlio Garcia

Segurança

Polícia Federal coloca presidente da Assembleia, deputado Júlio Garcia, em prisão domiciliar

Parlamentar está neste momento prestando depoimento na sede da PF, em Florianópolis

Segurança

Fraudes na saúde em SC podem chegar a R$ 500 milhões

Polícia Federal lançou nova fase da operação Alcatraz, batizada de Hemorragia e cumpre mandados de prisão em três cidades do Estado

Mais notícias