keyboard_backspace

Página Inicial

economia

Volume de serviços acelera em SC e encerra semestre com alta histórica

O avanço da retomada das atividades econômicas começa a impulsionar segmentos que encerraram o ano de 2020 em queda.

X
Foto: Divulgação Fecomércio

O volume de serviços em Santa Catarina cresceu 3,1% em junho frente ao mês anterior- este é o segundo mês seguido com resultados positivos em 2021, conforme aponta a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), publicada nesta quinta-feira (12) pelo IBGE. O desempenho é equivalente ao nível nacional (1,7%) na passagem do mês.

No acumulado do ano, a recuperação do setor ocupa o 3º lugar do país, com alta de 17,1%, quase o dobro da média nacional (9,5%) e o maior patamar já alcançado para esse período desde o início da série histórica, iniciada em janeiro de 2011. Em 12 meses a variação foi de 8,4%- a 2º maior do país.

O avanço da retomada das atividades econômicas começa a impulsionar segmentos que encerraram o ano de 2020 em queda. Pelo terceiro mês seguido todos os segmentos apresentaram variação positiva comparada ao ano anterior. Esse movimento reflete no volume positivo do primeiro semestre para os cinco agrupamentos de serviços acompanhados pela pesquisa.

Dentre os segmentos, a alta no ano de 2021 é puxada pelos Serviços profissionais, administrativos e complementares (29,40%) e Transporte, serviços auxiliares aos transportes e correios (21,90%). Esses também são os setores com maior crescimento em 12 meses. Também lideram a geração de postos de trabalho nas atividades de transporte terrestre (4.111), Limpeza em prédios e em domicílios (3.093), Serviços combinados de escritório e apoio administrativo (1.897), Serviços de engenharia (1.850) e Atividades de contabilidade (1.399) no acumulado de 2021.

Os serviços prestados a família, apesar de continuar em níveis inferiores ao período pré-pandemia e com queda acumulada de 14,8% em 12 meses, reverteram as perdas no acumulado do ano e passa a ter volume positivo de 2,6% em 2021. Esse resultado mostra sinais de recuperação, entretanto o setor permanece sendo um dos mais afetados pela pandemia, sobretudo pelo caráter mais presencial das atividades, como restaurantes, bares, atividades culturais e de recreação e lazer, cabeleireiros, barbeiros, salões de beleza, dentre outros. Nesse sentido, o avanço e a recuperação das atividades dependem da continuidade da imunização da população e do controle dos preços.

Confira a movimentação do setor em SC:

Panorama das atividades turísticas
As medidas de restrições impostas para o controle e diminuição da propagação do COVID-19 e o isolamento social impactaram diretamente no turismo, entretanto, os dados já sinalizam o início da retomada.

Pelo terceiro mês consecutivo, o volume de atividades turísticas apresentam variação positiva na passagem do mês, com alta de 9,7%. Esse sinal de recuperação também é observado no comparativo com mesmo período do ano anterior, com crescimento de 58,1%. No acumulado de 2021 a alta foi de 2,5%.

Esse movimento de recuperação ainda é insuficiente para reverter as perdas dos meses anteriores e SC acumula queda de 18,1% no volume de turismo nos últimos 12 meses.

Fonte: Clicsc

economia

Gasolina e gás de cozinha aumentam de novo; Preço do botijão já chega há R$ 130

Mesmo sem a Petrobras aumentar o preço do produto nas suas refinarias, já soma alta de mais 5%

economia

Gasolina mais barata do Brasil: Procon faz posto vender combustível a preço de custo em SC

Procon vai penalizar outros postos e obrigar estabelecimentos a vender gasolina por 24 horas a preço de custo

economia

Setor de serviços cresce 17% em SC no acumulado do ano, aponta IBGE

O crescimento catarinense foi o quarto maior entre todos os estados. A média nacional ficou em 10,7%

economia

PIB de Santa Catarina avança acima da média nacional e chega a 9%

Santa Catarina ocupa um das melhores posições de crescimento econômico no cenário nacional

Mais notícias

Segurança

Bebê com hematoma é levado morto para UPA de SC e pais são presos em flagrante

Pai da criança, um homem de 19 anos, relatou que a esposa, 17, deixou o bebê com ele para comprar um lanche

coronavirus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.031 casos e 19.075 mortes

Na comparação com o boletim anterior, diminuiu em 26 o número de casos ativos e há 8 óbitos adicionais