keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Ações de enfrentamento da Covid-19 são abordadas pelo Secretário de Saúde na Alesc

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, participou de três audiências públicas promovidas pela Assembleia Legislativa nesta segunda-feira, 17, para abordar as ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 realizadas pelo Governo de Santa Catarina. Os encontros envolveram a Comissão Especial, que acompanha os gastos públicos no combate à doença, e reuniram lideranças regionais do Oeste, Grande Florianópolis e Planalto Norte/Nordeste.

O secretário traçou um panorama no estado, citou a abertura de leitos em todas as macrorregiões e o reforço financeiro destinado aos hospitais filantrópicos por meio da Política Hospitalar Catarinense.  Ele reforçou a necessidade de cuidados pois a transmissão ainda se encontra em aceleração. “É prematuro ainda falarmos em platô, mas podemos vislumbrar esse cenário em um futuro próximo”, disse.

Sobre as medidas adotadas pelo Estado de Santa Catarina após a divulgação dos dados da matriz de risco, André Motta informou que são necessários 14 dias para a avaliação das ações realizadas. “É preciso que existam pelo menos 14 dias de maturação, apesar da nossa matriz de risco rodar a cada 7 dias. Justamente por isso, na última sexta-feira mantivemos o status e nesta semana publicaremos a portaria com definições claras sobre as atribuições das ações que devem ser tomadas pelo Estado e municípios diante de cada status regional”, ressaltou.

Ao falar com as lideranças, Motta ainda citou que o Laboratório Central de Saúde Pública já processou mais de 200 mil exames desde o início da pandemia. Uma nova fase de combate à Covid-19, segundo ele, consiste em reforçar as informações para a população sobre as recomendações necessárias para evitar o contágio.

“Precisamos isolar os doentes e rastrear os contatos. É esse o nosso entendimento neste momento: reforças as ações para que os segmentos saibam como se comportar”, disse o secretário. “Estamos trabalhando em ações educativas mais firmes e isso é uma atribuição de municípios, imprensa e da Assembleia Legislativa, que aliás, tem nos ajudado muito neste sentido, inclusive com a realização destas audiências”, acrescentou.

Agenda das audiências públicas

Além dos encontros promovidos nesta segunda-feira, Motta Ribeiro participará de outras três audiências nesta semana: na quarta-feira, 19, às 9h30, a reunião será sobre a Foz e Vale do Itajaí. Na quinta-feira, 20, às 13h30, a audiência será com a região Sul e, a partir das 16h, ocorrerá o encerramento com representantes do Planalto Serrano e Meio-Oeste.

Mais notícias