keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Gás Natural: SC receberá um aumento de capacidade a partir de 2024

O contrato de capacidade firme foi assinado com a TBG e evita um custo de R$ 500 milhões ao mercado

X
Divulgação
Siga-nos no google-news

A Companhia de Gás de Santa Catarina concluiu em junho deste ano a contratação de capacidade firme de saída de gás natural, resultante da Chamada Pública 03/2021 (CP03) da Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG). Na prática, essa conquista traz uma reafirmação de segurança de abastecimento do insumo que atende mais de 20.300 consumidores, dentre eles, indústrias, comércios, postos e residências catarinenses.

Além da contratação da SCGÁS e Sulgás como distribuidoras, a Petrobras também assinou os contratos firmes da chamada como supridora. A TBG apresentou à Agência Nacional de Petróleo (ANP) e aos participantes da CP03 uma proposta técnica que prevê entrega de capacidade adicional no trecho sul do gasoduto a partir de 01 de janeiro de 2024.

De acordo com o gerente de Suprimento de Gás da Companhia, Marcos Tottene, a ampliação marginal de capacidade representa a possibilidade de haver um custo evitado de suprimento ao mercado na ordem de R$ 500 milhões entre 2024 e 2026. “Caso a contratação de capacidade não fosse efetivada, a SCGÁS teria que contratar suprimento alternativo para manter o atendimento, assim como pagar os custos do gás que ultrapassasse os limites de capacidade da parte sul do Gasbol, em Santa Catarina“, explica o engenheiro.

A previsão é de que, ainda este ano, a TBG inicie as obras de reforço de capacidade para atender a demanda crescente no Estado. Por meio da ampliação da Estação de Compressão de Biguaçu (SC), haverá um aumento na pressão do gás que eleva o volume de entrega do insumo. O objetivo é incrementar a capacidade de 826 mil m³/dia para 1.469 mil m³/dia, cerca de 77% do volume atual, na zona denominada SC2, onde se encontram os pontos de entrega das estações de recebimento do Estado.

Os desafios de transporte para o gás catarinense

Em 2019 a Associação Nacional do Petróleo introduziu o modelo de entradas e saídas para contratação de capacidade de transporte, realizado por meio de chamadas públicas. A ANP junto à TBG e Petrobras, alocou os contratos de transporte da Petrobras, reduzindo de 2,1 milhões de m³/dia para 1,8 milhões a capacidade de transporte alocada para Santa Catarina.

Prevendo as consequências do embargo, a SCGÁS alertou as instituições envolvidas e encaminhou pedidos para ANP, para reposição da capacidade. Além disso, a Companhia buscou estruturar soluções alternativas, tais como injeção direta de GNL na rede de distribuição visando compensar a ausência de capacidade de transporte, no entanto, essa solução onera o custo de suprimento a todo mercado.

Com a publicação da CP03 em fevereiro de 2022, a SCGÁS manifestou interesse para capacidade na zona de saída SC2, de 2023 a 2026, a fim de atender a capacidade plena necessária para o mercado mediante aos desafios de transporte. Após este primeiro resultado positivo e muito relevante para o desenvolvimento econômico catarinense, a Companhia aguarda o lançamento da Chamada Pública Incremental pela TBG, no segundo semestre de 2022 que, de acordo com a transportadora, deverá promover um projeto de expansão maior para o duto, atendendo a demanda reprimida do Sul do país. 

Fonte: Clicsc

Geral

Santa Catarina vive “rescaldo” do ciclone extratropical

Santa Catarina vive o “rescaldo” do ciclone extratropical que adentrou no estado na tarde desta terça-feira (9), deixando 83 desalojados e 281 desabrigados, segundo números atualizados da Defesa Civil do estado. O clima, no entanto, […]

Geral

Em pousada de Santa Catarina, agosto é o Mês do Cachorro Solto

Agosto tem fama de ser o mês do cachorro louco – por isso, é uma época em que ocorrem campanhas de conscientização contra a raiva canina. Mas na Pousada Pedras Rollantes, que fica em Alfredo […]

Geral

Clube flutuante destruído pelo ciclone em BC faz vaquinha para arrecadar R$300 mil

A meta da vaquinha é arrecadara R$300 mil e até às 10h desta quinta-feira (11) já havia arrecadado R$15.550,00

Geral

Defesa Civil de Itajaí está em estado de atenção e auxilia a comunidade

Órgão atendeu mais de 100 ocorrências, mas até o momento não há registro de alagamentos, deslizamentos e desabrigados

Geral

Santa Catarina segue com mais de 40 mil residências sem energia elétrica

Às 9h desta quinta-feira (11), 42.619 unidades consumidoras continuavam sem energia, segundo informação das Centrais Elétricas de Santa Catarina, a Celesc

Mais notícias

Turismo

Roteiro de viagem em São José: o que fazer?

Quer fazer um roteiro de viagem em São José? Iremos te mostrar os lugares que você não pode deixar de visitar na sua estadia!