keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Moradores encontram oito corpos em manguezal

Polícia Militar diz ter entrado em confronto com suspeitos em uma área próxima no dia anterior

X

Moradores encontraram na manhã desta segunda-feira (22), ao menos oito pessoas mortas em uma região de manguezal no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio. Os corpos foram cobertos com lençóis brancos. A Polícia Militar diz ter entrado em confronto com suspeitos em uma área próxima no dia anterior. O clima na comunidade é de tensão desde sábado (20), quando o policial militar Leandro da Silva foi morto a tiros durante um patrulhamento.

No domingo (21), o Bope (Batalhão de Operações Especiais da PM do Rio) realizou uma operação na comunidade após receber informações de que uma das pessoas que atacaram o agente estaria ferida na região. Durante a ação, uma idosa foi baleada e encaminhada para o hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo. Segundo o Instituo Fogo Cruzado, neste ano, 25 idosos já foram baleados na região metropolitana no Rio e 9 deles morreram.

A polícia diz ainda que, durante a operação, os agentes foram atacados em uma área de mangue, na qual ocorreu troca de tiros com suspeitos. Os policiais apreenderam munições de fuzil, cinco carregadores e uniformes camuflados. Os corpos foram encontrados perto da área em que houve o confronto. ​

Vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-Rio, Nadine Borges diz que os moradores relatam que os corpos apresentam sinais de tortura e que a ação se trata de uma chacina. “O que nós sabemos dos moradores é que há muita tensão e muito medo. Ao que tudo indica, foi uma represália à morte do policial no sábado. É um caso muito grave”, diz ela, acrescentando que os corpos foram retirados de dentro de um mangue da comunidade.

“O nosso medo é que, depois dessas chacinas, a repressão aumente nas comunidades. O poder público precisa sair da omissão perene e acabar com o que a gente chama de operação vingança.” Borges diz que, pelos relatos dos moradores, dez corpos já foram encontrados. Procurada, a PM disse que não teve acesso aos corpos e não comentou sobre os relatos.​

Em 2017, o Salgueiro foi cenário de outra operação violenta. À época, uma ação da Polícia Civil, com participação das Forças Armadas, deixou sete mortos em um baile funk, durante a madrugada de sábado. O episódio ocorreu um dia após um PM ser morto na região.

Segurança

Bebê é brutalmente espancado e leva mordidas do namorado da mãe no RS

Mãe relatou que deixou o filho com o namorado para ir ao mercado

Segurança

Três pessoas são presas por desvio de cargas em Joinville

As investigações demonstram que a associação vinha desviando cargas há um certo tempo no município de Joinville

Segurança

Roubo ao banco em Criciúma: Operação identifica participação de 12 pessoas no assalto

Nessa nova fase, dez indivíduos já estão entre os dezesseis que respondem pelo crime de organização criminosa

Segurança

Torcedor do Palmeiras é morto a facadas após final da Libertadores em SC

Alessandro Stoeberl havia assistido o jogo em um bar e voltava para casa a pé quando o crime aconteceu

Mais notícias

Geral

Unimed Litoral é homenageada com o Prêmio Cambori

A Unimed Litoral recebeu na última sexta-feira, 26, o Prêmio Cambori, em evento promovido pela Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc), para destacar a trajetória e reconhecer publicamente empreendedores e empresas que fazem […]