keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

SC é o 2º Estado do Brasil com mais morte de dengue

Foram contabilizados 585 mortes desde janeiro até o dia 20 de junho

X
Foto: Ilustrativa/Divulgação
Siga-nos no google-news

Segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, Santa Catarina é o segundo Estado do Brasil com o maior volume de mortes por dengue no último semestre. O documento foi publicado na última sexta-feira (24), comparando os seis primeiros meses de 2022 com o mesmo período de 2021. A mortes pode dengue dobraram no período.

Foram contabilizados 585 mortes desde janeiro até o dia 20 de junho. Santa Catarina só perde para São Paulo, em volume de casos, seguida por Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Goiás. Significa um aumento de 138% em relação à 2021, quando morreram 246 doentes.

O volume de mortes em São Paulo é quase o mesmo do total no Brasil no ano passado. Mas chama atenção do fato de que a Região Sul aglutina os maiores volumes de mortes por dengue, considerado esses dados. Na região, foram 183 casos fatais.

Fonte: Clicsc

Saúde

São José começa campanha nacional de multivacinação

Campanha nacional contra a pólio busca alcançar crianças menores de 5 anos

Saúde

Anvisa recebe pedido de registro para teste de varíola dos macacos

Até agora, 2004 casos de varíola dos macacos foram registrados no país

Saúde

Dia D de multivacinação ocorre neste sábado em Balneário Camboriú

O atendimento será na Unidade Básica de Saúde (UBS) Central, das 8h às 17h, com doses disponíveis de todo o Calendário Nacional de Vacinação

Saúde

Primeira morte relacionada à varíola dos macacos é confirmada no Brasil

Homem já tratava outras doenças, incluindo um câncer

Saúde

Primeira unidade dos Laboratórios de Próteses Dentárias (LPD) será inaugurado em São José nesta sexta-feira

Segunda-feira será a vez do bairro Serraria ganhar a sua unidade; ação integra programa Brasil Sorridente

Mais notícias

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros no Rio Grande do Sul

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)