keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

“Serial Killer” sacrificou vítima em ritual satânico e tem mobilizado centenas de policiais no DF

Caçada ao Lázaro Barbosa tem mobilizado autoridades e espalhado terror no Distrito Federal

X

A caçada ao “serial killer” do Distrito Federal ganhou mais um desfecho macabro. Investigadores da Polícia Civil apuram circunstancias terríveis envolvendo o assassino Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, autor da chacina que matou uma família. Ele matou Cleonice Maques de Andrade, de 43 anos, os dois filhos dela e o marido. A mulher, inclusive, foi sacrificada em um ritual satânico.

Mechas de cabelo cortadas e uma orelha arrancada eram parte do ritual feito às margens do córrego em mata próxima ao Incra 9, Ceilândia, onde ocorreu o crime brutal.  No cerrado, as equipes de busca formadas pela coalização de forças de segurança encontraram, perto de um riacho, vários objetos que foram utilizados na cerimônia satanista.

Lázaro distribuiu os mesmos apetrechos em dois acampamentos montados por ele já durante seus dias de fuga. Nas buscas feitas no imóvel em que a mãe de Lázaro morava, em uma área rural da região conhecida como Girassol, os policiais se depararam com altares e tigelas de barro com dinheiro e cachaça. Também havia pentagramas desenhados no chão e uma cruz invertida, cenário reproduzido em dois dos seus esconderijos.

Segundo a Polícia Militar de Goiás (PMGO), Lázaro alega estar possuído por um espírito. Ele também teria dito que “vai levar o tanto de gente que puder”. De acordo com o tenente Gerson de Paula, o criminoso seria integrante de uma seita. As informações teriam sido dadas pelo próprio Lázaro a vítimas de um assalto que ele realizou em Goiás, no mês passado, segundo o oficial. Na ocasião, levou armas e celulares. Há indícios de que o criminoso pratica os rituais desde a adolescência.

Ligação com desaparecimentos

Em função do perfil de Lázaro ter traços de psicopatia e por ele conhecer tão bem a mata, a PCDF anunciou que irá apurar a suposta ligação do criminoso com o desaparecimento de mulheres na região em que o suspeito cometeu a chacina e em cidades do Entorno. Enquanto não é encontrado, Lázaro continua aterrorizando moradores da pequena Edilândia (GO). Na tarde dessa terça-feira (15), ele fez três pessoas da mesma família reféns em uma chácara.

Antes de confrontar os policiais, o criminoso escondeu a família com folhas de bananeira, que ele mesmo cortou, para que os reféns não fossem avistados pelo suporte aéreo das forças de segurança. Lázaro ainda conseguiu estocar comida com a invasão à chácara. “Antes de a polícia chegar, meu tio disse que ele pegou 1 kg de comida”, afirmou o sobrinho de uma das vítimas.

Índio

O criminoso foi criado no município baiano de Barra do Mendes. Acostumado a andar na mata sozinho desde criança, ganhou o apelido de índio. Segundo familiares contaram aos investigadores, ainda jovem ele chegava a passar várias horas embrenhado na floresta e só retornava para comer. Percebemos que ele não tem habilidades em sobrevivência e conhecimento para conseguir a própria comida. Ele se arrisca indo até as chácaras para roubar e furtar mantimentos. Mais do que isso, chegou a colocar as vítimas para cozinhar para ele”, disse uma fonte policial.

Segurança

Homem morre atropelado pelo próprio carro em SC

Um homem morreu atropelado na cidade de Concórdia nesta sexta-feira (30). A vítima foi atropelada pelo próprio casso e não resistiu aos ferimentos. Atenderam a ocorrência os Bombeiros Voluntários, Instituto Geral de Perícias (IGP), Polícia […]

Segurança

Jovem de 18 anos é preso por estupro de vulnerável

O mandado foi expedido pela Comarca de Braço do Norte e o preso encaminhado para o presídio de Tubarão

Segurança

Homem é preso suspeito de matar o próprio filho com tiro

O preso foi levado para a 15ª DP. Houve apreensão de uma pistola calibre .380, que estava com dez balas

Segurança

Mãe dopa o filho de 7 anos com remédio e joga corpo da criança em rio no RS

Depois de matar o filho, mãe ainda procurou delegacia para registrar o desaparecimento da criança

Segurança

Idoso aceita nota de R$420 e ainda devolve troco para golpista

A polícia só entrou na história depois que o idoso tentou pagar compras com a nota

Mais notícias

Cidades

Itajaí terá sistema de tratamento de lodo que contribuirá para preservação do Rio Itajaí-Mirim

Semasa autorizou nesta semana o início da obra com investimento de R$ 8 milhões

economia

Santa Catarina terá ampliação de suprimento de Gás Natural

Após conclusão da Chamada Pública da SCGÁS, suprimento adicional destinado à Região Sul do Estado será fornecido pelo modal GNL a partir de março de 2022