keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Camboriú inicia operação que prevê ligação entre os bairro Rio Pequeno e São Francisco de Assis

A Prefeitura de Camboriú começou a expedir o Certificado de Potencial Adicional de Construção (CEPAC) para as empresas que queiram adquirir Potencial Construtivo Adicional na cidade. Regulamentado por lei complementar em julho deste ano, a […]

X
Divulgação

A Prefeitura de Camboriú começou a expedir o Certificado de Potencial Adicional de Construção (CEPAC) para as empresas que queiram adquirir Potencial Construtivo Adicional na cidade. Regulamentado por lei complementar em julho deste ano, a aquisição de aumento no potencial construtivo é um instrumento previsto em lei federal (Estatuto da Cidade) onde o município autoriza construções acima do permitido pelo zoneamento em determinado terreno. Este acréscimo no direito de construir ocorre mediante contrapartida financeira aos cofres públicos municipais, e a verba é direcionada a projetos específicos de desenvolvimento urbano.

Os recursos serão canalizados para a Operação Urbana Consorciada Rio São Francisco (OUCRIS) que, entre outras medidas, prevê a criação da Alameda Rio São Francisco. Ela será uma  importante via de ligação entre os bairros Rio Pequeno e São Francisco de Assis. O prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, comenta que este é um momento muito importante para o desenvolvimento da cidade. “Significa que estamos seguindo no caminho certo, rumo à potencialização e desenvolvimento dos três eixos que compreendemos ser essenciais para o desenvolvimento sustentável de uma cidade, que são o ambiental, o econômico e o social”, avalia.

A OCRIS está orçada em R$ 10,5 milhões de reais – recursos que serão captados com a participação da construção civil através da compra dos adicionais de construção. Para o presidente do Sinduscon de Balneário Camboriú e Camboriú, engenheiro civil Nelson Nitz, este é um importante passo dado pela cidade rumo ao desenvolvimento urbano. “Ganham o setor da construção civil, a prefeitura e a população. Com este instrumento, o empresário se sente mais motivado a investir em novos projetos em Camboriú, a prefeitura aumenta sua arrecadação, e a população recebe melhorias em infraestrutura urbana, o que contempla transformações urbanísticas, ambientais, sociais e econômicas”, comenta Nitz.

O presidente afirma que mudanças expressivas começarão a ser percebidas no desenvolvimento urbano da cidade e, por consequência, nos seus demais segmentos econômicos. “Em nome dos empresários do setor construtivo, agradecemos ao prefeito Elcio Rogério Kuhnen, que teve visão sobre o potencial das outorgas e os recursos que elas trarão. Também nosso reconhecimento ao Legislativo Municipal por vislumbrar este futuro promissor e aprovar o projeto de lei que implanta a Operação Urbana Consorciada Rio São Francisco e regulamenta a Transferência de Potencial Construtivo (TPC) na cidade, finaliza Nitz.

Fonte: Clicsc

Cidades

Associado de Itapema recebe prêmio do Seguro de Vida Sicredi

A Sicredi Vale Litoral SC realizou nesta semana a entrega de mais um prêmio do Seguro de Vida. O contemplado foi o associado Andre Luiz Daroci, da agência Morretes, em Itapema. Por meio dos seguros […]

Cidades

Porto Belo recebe novo ônibus do Governo do Estado

O Município de Porto Belo recebeu nesta quarta-feira (19) um novo ônibus da Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina. O veículo será utilizado para transportes de estudantes da Rede Municipal de Ensino. Ao […]

Cidades

Porto Belo terá IPTU premiado com sorteio de carro 0km

O Governo do Município de Porto Belo inicia o ano com novidades em relação ao IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano. Os contribuintes com as contas em dia, que optarem pelo pagamento em cota […]

Cidades

Navegantes estuda nova contrato de concessão para empresa de lixo atuar na cidade

A Prefeitura de Navegantes realiza estudos no intuito de melhorar o serviço de coleta no município, incluindo a coleta seletiva. Atualmente, os serviços de coleta, transporte e disposição final do lixo é realizado pela empresa […]

Cidades

Obra da subestação de energia em Itapema deve ser concluída em março informa a deputada Paulinha

A obra tem um custo estimado de R$ 17 milhões, e vai absorver totalmente o consumo de energia de Itapema

Mais notícias

Geral

Maior investimento em transporte escolar segue com entrega de mais 40 ônibus em Santa Catarina

Mais 40 veículos de transporte escolar foram entregues pelo Governo do Estado aos municípios catarinenses em evento realizado nesta terça-feira, 25, em Palhoça. Esta é a terceira remessa realizada em cerca de um mês, desde […]

Segurança

Homem morto é levado a posto dos correios para receber pensão

A polícia disse que uma autópsia seria realizada para determinar a causa da morte do homem