keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Itapema proíbe circulação de motos elétricas no Calçadão; Veja as regras

Novas regras para usuários de bicicletas elétricas, ciclomotores e patinetes elétricos, serão cobradas em Itapema nas próximas semanas. Conforme antecipa o Secretário de Segurança Pública do município, Major Rodrigues, essas mudanças, com base na resolução […]

X

Novas regras para usuários de bicicletas elétricas, ciclomotores e patinetes elétricos, serão cobradas em Itapema nas próximas semanas. Conforme antecipa o Secretário de Segurança Pública do município, Major Rodrigues, essas mudanças, com base na resolução 842/08/04/2021, preveem proibições de circulação desses equipamentos em alguns locais da cidade e até exigência de Carteira Nacional de Habilitação, para alguns desses modelos de veículos.  

Em entrevista ao programa Visor Manhã, nesta terça-feira (19), Rodriguez antecipou que está proibida a circulação de ciclomotores e ciclo-elétricos no Calçadão da Meia Praia. Esses dois modelos de veículos só poderão circular em via pública e seguindo as normativas estabelecidas para cada um deles. Além disso, fica também proibida a circulação em vias de trânsito rápido, em rodovias, que não possuam acostamento, nas ciclovias e ciclofaixas. Para esse tipo de veículo também é exigido a habilitação.

Quanto aos ciclo-elétricos, que também está proibido de circular no Calçadão, será exigida habilitação em categoria A ou ACC, registro e licenciamento no Detran e também não poderá transitar em ciclovias ou ciclofaixas.  “Tenho recebido muitas reclamações, vídeos e fotos sobre essa questão. Temos uma resolução que disciplina esse tipo de veículo. Já está a um ano em vigor essa legislação. Vamos iniciar as divulgações para que o condutor saiba o que pode ou não. Ciclomotores precisa de habilitação. Também estamos adquirindo decibelímetro para as fiscalizações e auxiliar nas ações quanto aos veículos barulhentos”.

Ainda, conforme a regulamentação, os equipamentos de mobilidade individual autopropelidos, como patinetes elétricos, estão liberados para circular no calçadão da Meia Praia, porém, estão proibidos de circular nas ruas. A Norma Brasileira também impõe que esses modelos não devem ultrapassar o comprimento de 115 centímetros, caso ultrapassar o valor, será equiparado a um ciclomotor. Com isso, se enquadra nas exigências de CNH, licenciamento e requisitos legais.

“Vamos cumprir o que está na legislação de transito. Não adianta ir reclamar do Guarda Municipal, procurar autoridades, vereadores, só vamos cumprir a lei. E por isso, estamos divulgando ao máximo essas determinações, que inclusive já estão em vigor há um ano, para que todos os usuários saibam das regras”, finaliza Rodriguez.  O secretário destaca que as equipes devem começar a ações nas próximas semanas.

Fonte: Clicsc

Cidades

Balneário Piçarras ativa abrigo de inverno nesta segunda-feira (16)

Secretaria de Assistência Social realizará trabalho de campo para localizar os moradores de rua

Cidades

Alunos participam de aula especial com os Bombeiros Militares de Itapema

A aula foi um pedido feito pela Professora de Educação Física Rubya e contou também com uma gincana

Cidades

Prefeitura de São José promove Semana da Enfermagem a partir de segunda-feira

Durante os cinco dias serão apresentadas oficinas com temas como autocuidado, saúde mental, yoga, defesa pessoal

Cidades

São José promove concurso para eleger os melhores projetos ambientais da rede municipal de ensino

Secretaria de Educação de São José lançou o Concurso Dia do Desafio do Meio Ambiente para motivar a comunidade escolar

Cidades

Município de São José recebe R$ 350 mil para custeio da saúde da Deputada Federal Geovania de Sá

Prefeito Orvino Coelho também recebeu a visita do deputado estadual Ismael dos Santos

Mais notícias

Geral

Ministério Público Federal investiga prazo de entrega do Contorno Viário de Florianópolis

O MPF pediu à Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) que apresente os percentuais de conclusão das obras em sete de janeiro de 2021 e em 20 de fevereiro de 2020, destacando eventuais alterações no cronograma de conclusão

Geral

Aumenta cobrança pela conclusão das obras do Contorno de Florianópolis

Senadores, deputados e Vereadores querem o cumprimento do prazo de dezembro de 2023