keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Mãe que jogou carro na frente de carreta para matar filha de 2 anos é condenada no RS

Ela teria provocado acidente para chantagear o pai da criança após a separação

X

Foi condenada a 19 anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, a mulher que causou um acidente e tentou matar a própria filha de 2 anos em maio deste ano, na BR-386, em Lajeado (RS). Ela foi acusada por tentativa de homicídio, com agravante de motivo torpe, no início da noite desta quarta-feira (18). A sentença foi dada pela juíza responsável, Carmen Luiza Rosa Constante, após sete jurados julgarem os fatos.

O julgamento teve início às 13h e se estendeu até às 19h45. A acusação solicitava a condenação da ré por tentativa de homicídio múltiplo, envolvendo sua filha e os demais envolvidos no acidente. Por outro lado, a defesa buscava a absolvição alegando abuso psicológico por parte de seu ex-companheiro, e pai da criança. Durante as mais de 6 horas de julgamento foram ouvidas quatro testemunhas, o Ministério Público, representado pelo promotor de justiça Diego Prux, e o advogado de defesa José Felipe Lucca, além da ré. Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre, onde já estava detida.

O acidente

Mulher e filha trafegavam em um carro com placas de Cruzeiro do Sul na BR-386 quando teriam batido de frente em uma carreta. Um terceiro veículo, de Ijuí, acabou batendo na traseira do automóvel.

A moradora de Lajeado ficou presa às ferragens e foi retirada pelos bombeiros. A filha dela, uma menina de 2 anos, foi retirada do carro por moradores, com alguns arranhões. A polícia pediu a prisão preventiva da mulher após investigar as circunstâncias do acidente.

“Ouvimos algumas pessoas no plantão da Polícia Civil e, entre essas pessoas, foi ouvido o pai dessa criança. O pai da menina relata que eles já estão separados há um ano e que agora, então, tem um outro relacionamento e que ela [a mãe da filha] não estaria aceitando esse outro relacionamento que ele estaria mantendo com uma terceira pessoa”, afirmou a delegada Shana Hartz.

Segurança

Crianças que morreram em acidente na Serra Dona Francisca eram de Balneário Camboriú

Os pais, de 42 e 37 anos, foram socorridos e levados pro hospita

Segurança

Homem incendeia a própria casa para se livrar de infestação de cobras

Bombeiros acreditam que o fogo começou no porão e se alastrou pelo resto da casa

Segurança

‘Serial Killer’ que matava gays em SC e PR é condenado a 30 anos de prisão

José Soroka marcava encontros pelo Grindr e estrangulava os rapazes

Segurança

Vídeo: Jovem mandou áudio para mãe antes de cavar a própria cova na praia e ser morta a tiros em SC

Homem investigado pela morte disse ao delegado que ela já estava na praia quando enviou o áudio

Mais notícias

Segurança

Crianças que morreram em acidente na Serra Dona Francisca eram de Balneário Camboriú

Os pais, de 42 e 37 anos, foram socorridos e levados pro hospita

Segurança

Homem incendeia a própria casa para se livrar de infestação de cobras

Bombeiros acreditam que o fogo começou no porão e se alastrou pelo resto da casa