keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Postos de Florianópolis venderão gasolina a preço de custo para cumprir exigência do Procon

Em atendimento à exigência, oito postos de combustíveis vão comercializar 20 mil litros de gasolinas comum e aditivada, por estabelecimento. Consumidores devem efetuar os pagamentos com cartão de débito ou dinheiro. A medida compensatória é uma orientação do Procon Estadual, que deu início a fiscalização nos postos, na época

X
Divulgação

Postos de combustíveis da Capital vão vender gasolinas comum e aditivada a preço de custo neste sábado (09) por 24 horas ou no período normal de funcionamento do estabelecimento. Trata-se de cumprimento à medida compensatória exigida pelo Procon Municipal, em razão da paralisação dos caminhoneiros e da interrupção do abastecimento de combustíveis ocorridas há um mês. Cada estabelecimento comercializará 20 mil litros de gasolina pelo valor de custo, com.

Dos 12 postos da Capital notificados pelo Procon por práticas de irregularidades, oito aceitaram cumprir a medida e quatro a rejeitaram. Isso, após intensa fiscalização e perícia por parte do órgão de defesa do consumidor, e reuniões com os infratores.

Com o intuito de evitar a geração de enormes filas pela “corrida” desenfreada aos lugares, o Procon Municipal optou por divulgar apenas as regiões a que os estabelecimentos pertencem, sem nomeá-los. “Serão dois no Sul da Ilha, dois no Norte, três na região Central e um no Leste”, adiantou o diretor do Procon, Alexandre Farias. O consumidor saberá da promoção pelo valor da bomba.

Ainda segundo Farias, esta é a primeira fase de cumprimento de pena dos infratores, uma vez que mais processos serão analisados. “Nesta situação, o processo segue e o Procon Municipal vai informar sobre a cobrança de multa ou encaminhamento ao Ministério Público de Santa Catarina e à Polícia Civil”.

Comprovação

Para comprovar ao Procon Municipal o cumprimento da medida compensatória, os postos terão que, além de efetuar as vendas de gasolina por 24 horas ou no período normal de funcionamento do estabelecimento com valor de custo da compra do dia, apresentar a nota fiscal de aquisição dos produtos.

Fonte: Clicsc

Geral

Caso dos respiradores: ação do Governo garante mais de R$ 34 milhões em bloqueios de bens e valores

Desde 2020, a PGE já entrou com três ações para a devolução dos R$ 33 milhões

Geral

Crianças foram queimadas ainda vivas pelo irmão adolescente

O jovem foi apreendido na noite de segunda-feira (25)

Geral

Milagre não acontece e pastor que prometia ressurreição no terceiro dia é enterrado

Multidão acompanhou cortejo e aguardava pela ressureição prometida pelo pastor

Geral

Empresa apresenta inovador pneu sem ar e que não fura

O pneu inovador é vazado nas laterais, é resistente a furos e não apresenta queda de pressão, nem risco de danos laterais

Mais notícias

Política

Deputado Coronel Mocellin cobra demandas da segurança pública junto ao governador Carlos Moisés

O deputado Coronel Mocellin esteve, nesta segunda-feira, com o governador Carlos Moisés e com o comandante-geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira, para cobrar pleitos importantes da segurança pública.Entre os quais, agilidade no encaminhamento do […]

Segurança

Mulher fica em estado grave após ser atropelada por carreta na BR-470

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama e o Samu prestaram os primeiros atendimentos à vítima