keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Câmara de São José amplia economia e se aproxima da população

Presidente da Câmara e vice-prefeito eleito, Michel Schlemper, faz balanço positivo da gestão que se encerra em dezembro

Prestes a concluir seu mandato como presidente da Câmara de Vereadores de São José, o vice-prefeito eleito Michel Schlemper (MDB) comemora os resultados do planejamento estratégico adotado em 2019, que garantiu economia do dinheiro público na casa dos R$ 18 milhões, modernização do funcionamento do Legislativo e aproximação com a comunidade. O projeto “Parlamento Digital”, que transformou em digitais os processos internos da Câmara, servirá de base para a ampliação dos serviços digitais do município, conforme já divulgado durante a campanha do prefeito eleito, Orvino Coelho de Ávila”.

“Conseguimos mudanças significativas na cultura interna do Legislativo, que eu espero que sejam irreversíveis. O cidadão hoje tem como acompanhar a tramitação dos projetos e toda a votação na casa. Todo o trâmite foi digitalizado, acabando com aquele vem e vai de papel”, explicou o presidente e vice-prefeito eleito.

Com o novo aplicativo da Câmara, que é uma das ferramentas implantadas e que integra o sistema, o cidadão tem acesso às propostas e projetos de cada vereador para cada bairro e de forma georeferenciada. E ainda pode enviar sugestões e pedidos para o seu vereador. “Aumentamos de forma significativa a integração entre a população e o eleitor. Com essa ferramenta a população pode cobrar e fiscalizar se o seu vereador realmente está trabalhando por ela”, argumentou.

A volta da TV Câmara São José também faz parte desse contexto. É a primeira emissora de televisão aberta e digital da cidade. E contribui de forma ativa para a aproximação entre a população e os vereadores. “A retomada da emissora e sua reimplantação buscam prestar serviço à sociedade. Colocamos o canal à disposição e transmitimos aulas da rede pública aos nossos estudantes, a partir da pandemia”, destacou.

Gestão conectada com a sociedade

Schlemper acredita estar deixando um importante legado de gestão, associando austeridade com novas tecnologias e principalmente com a interatividade. Foram reduzidos privilégios e até mesmo os salários dos vereadores no momento mais crítico da pandemia. Os recursos economizados nos últimos dois anos foram devolvidos ao município para serem aplicados em necessidades como o atendimento da população contra o novo coronavírus, a compra de remédios, o pagamento de exames e o custeio de obras de infraestrutura. “Nosso planejamento e foco foram importantes para que tivéssemos uma gestão associada ao que a população hoje espera dos vereadores e agentes públicos. Essa expertise com certeza fará a diferença agora, na prefeitura”, finalizou.

Fonte: Clicsc

Política

OAB irá apurar conduta que advogada que ofendeu o prefeito de Camboriú durante votação

Segundo a assessoria do prefeito, ele estava na fila para votar quando a mulher gritou com o candidato, legando que ele estaria fazendo boca de urna

Política

Itajaí elegeu 17 vereadores neste domingo; veja os nomes

Os 17 vereadores da legislatura 2021-2024 estão eleitos na cidade de Itajaí. Na noite deste domingo (15), os nomes foram confirmados. Em primeiro lugar, com 4,00% dos votos, ficou o vereador Rubens Angioletti (PODE), em […]

Política

Conheça os 19 vereadores eleitos em Balneário Camboriú

Vereadores eleitos foram divulgados na noite deste domingo (15)

Política

Veja quem são os vereadores eleitos na cidade de Bombinhas

Os nove vereadores de Bombinhas foram divulgados neste domingo (15)

Política

Saiba quem são os vereadores eleitos em Itapema

Em Itapema, as 13 cadeiras já têm seus lugares reservados para a legislatura 2021-2024

Mais notícias