keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Estado vende aeronave e arrecada mais de R$ 4 milhões com leilão de bens inservíveis

Fechamento dos lotes aconteceu contou com a participação de 878 interessados

Foto: Divulgação/Secom

O resultado do leilão online de bens de consumo inservíveis do Estado, que incluiu uma aeronave, veículos, mobiliários, entre outros itens, superou as expectativas da comissão organizadora.

A previsão inicial, que era de aproximadamente R$ 2 milhões, foi superada em mais que o dobro do valor, conforme divulgou a Gerência de Bens Móveis, vinculada a diretoria de Gestão de Patrimônio da Secretaria de Estado da Administração. Ao todo foram arrecadados R$ 4.718.650,00.

O fechamento dos lotes aconteceu na manhã desta quarta-feira, 30, e contou com a participação de 878 interessados. A Aeronave, modelo Xingu EBM-121A1, que tinha lance mínimo de R$ 400 mil, foi arrematada por R$ 1,2 milhão, três vezes o valor mínimo proposto em edital.

De acordo com a Comissão de Leilão da SEA, dos 265 lotes ofertados, 263 foram arrematados. O leilão teve abertura de pré-lances no dia 21, na página do leiloeiro oficial, e os interessados puderam visitar os lotes presencialmente, entre os dias 23 e 29 de setembro.

O saldo positivo é resultante da ampliação do número de participantes e maior concorrência, em virtude do certame ter sido realizado de forma eletrônica e online.

“Geralmente a média de público em leilões presenciais é de 160 pessoas. Com o formato eletrônico online, houve participação de quase 900 pessoas, e, com a ampla divulgação do edital, tivemos um número expressivo de arrecadação para o Estado” destaca o diretor de Gestão Patrimonial da SEA, Welliton Saulo da Costa

De acordo com o diretor do Centro de Serviços Compartilhados da SEA, Paulo César Jönck, a arrecadação do leilão já tem destino certo. “O foco dos recursos será a amortização da dívida do Estado, além de aquisição de equipamentos e realização de obras de adequação dos prédios públicos” disse.

O próximo edital de leilão de bens móveis inservíveis tem previsão para ocorrer em maio de 2021, e também será realizado no formato online.

Fonte: ClicSc

Mais notícias