keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Investimentos em tecnologia ampliam monitoramento do sistema de distribuição de água em Penha

Na prática, a empresa ampliou a visualização e a quantidade de informações disponíveis, exibindo o sistema de abastecimento de água de forma ainda mais detalhada

X

A Águas de Penha acaba de investir na adequação do supervisório de 11 boosters (bombas na rede de distribuição de água) do Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária. O investimento ampliará o monitoramento de todo o sistema de distribuição de água da cidade, beneficiando a população de forma geral. Esses pontos captam os dados e os transmitem ao CCO. As informações são processadas por softwares especializados, permitindo que os técnicos tenham um acompanhamento, em tempo real, de funções como vazão, pressão, reservação e distribuição de água em toda a cidade, agilizando as tomadas de decisões e as ações.

Na prática, a empresa ampliou a visualização e a quantidade de informações disponíveis, exibindo o sistema de abastecimento de água de forma ainda mais detalhada. Conforme Maraísa Mendoça Oliveira, responsável pelo CCO de Penha, a readequação no supervisório trouxe diferentes benefícios, como os novos pontos de comunicação dos boosters e melhoria na visualização de pontos de pressão, por exemplo.

“No Centro de Controle Operacional nós temos a visualização e controle sobre todo o sistema de abastecimento de água”, explica. “Através deste controle podemos efetuar diversas ações de forma remota, como aumentar ou diminuir a pressão na rede através do acionamento de bombas, identificar a possibilidade de vazamentos ou alguma inconsistência no sistema”.

Saiba mais sobre o CCO

Oito grandes telas, computadores, dezenas de gráficos, centenas de informações: é desta forma que funciona o ambiente do Centro de Controle Operacional (CCO). O departamento tem acesso, entre outros dados, a informações precisas das variações de pressão e vazão de todo o sistema de abastecimento de água em Penha. A gestão destas informações dá segurança operacional ao abastecimento e permite identificar, de forma remota, qualquer alteração no sistema, o que torna o trabalho no campo mais rápido e eficiente.

O CCO funciona 24 horas, sete dias por semana, como o “cérebro” da concessionária. Com equipamentos de alta tecnologia, consegue controlar toda a produção distribuição de água no município. Variações na pressão e vazão podem indicar, por exemplo, a existência de um grande vazamento. As equipes de campo então realizam o trabalho já com uma região determinada, reduzindo o tempo de ação e os impactos para a comunidade.

Cidades

Bares e afins poderão criar “código secreto” para defesa da mulher em situação de risco

Enfrentamento à violência contra a mulher em bares, restaurantes, casas noturnas e de eventos, é aprovada na Câmara de Itapema e aguarda agora parecer da Prefeitura

Cidades

Secretaria de Agricultura de Porto Belo distribui verduras às famílias do Criança Feliz

Alimentos são cultivados no Horto Municipal e possibilitam uma alimentação mais saudável às famílias

Cidades

Morador de Santa Catarina ganha R$ 1,8 milhão na Lotofácil; veja qual cidade

Lotofácil teve dois ganhadores, um de SC e outro de SP

Cidades

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Itajaí recebem novos uniformes

Kits já foram entregues em mais de 50 unidades escolares do município

Cidades

PA da Barra terá novas salas de pediatria, de emergência e nova Farmácia

Outra mudança será da Farmácia Descentralizada da Região Sul, antes anexa ao PA da Barra, e que agora terá sua nova instalação aos fundos do Ginásio

Mais notícias

Geral

Prefeito de São Paulo Bruno Covas morre vítima de câncer

Covas já estava licenciado do cargo desde o início de maio, quando houve piora do quadro. Nunes assumiu como prefeito em exercício em 3 de maio.

coronavirus

SC tem três regiões em nível grave e 13 em situação gravíssima, aponta Matriz de Risco do coronavírus

A única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe.