keyboard_backspace

Página Inicial

Grande Florianópolis, Utilidade Pública

‘Papo de Jornalista’ da ACI discute Lei do Feminicídio e violência de gênero

Evento com entrada gratuita nesta quarta-feira (22), na sede da Associação Catarinense de Imprensa, em Florianópolis, abre a nova temporada do Papo de Jornalista

X
Siga-nos no google-news

O Papo de Jornalista da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) está de volta em 2023 no mês em que se debate mundo afora questões de gênero. A nova temporada do projeto tem início nesta quarta-feira (22), às 19h30, com uma conversa sobre sobre a Lei do Feminicídio e a cobertura de gênero e violência contra mulheres na imprensa. O papo será com três referências em Santa Catarina no tema: a repórter investigativa Schirlei Alves, a repórter e apresentadora Amanda Santos e a repórter Catarina Duarte. A mediação será da repórter Carol Macário, diretora de cultura da ACI. O evento tem entrada gratuita e será realizado na Casa do Jornalista, no bairro Agronômica, em Florianópolis.

Em março de 2023, a Lei do Feminicídio (Lei nº 13.104/2015) completa oito anos. Trata-se de dispositivo legal que foi um marco no combate à violência contra a mulher. A lei define que o feminicídio é o assassinato de uma mulher resultante de violência doméstica ou discriminação de gênero, ou seja, por sua condição social de mulher. 

'Papo de Jornalista da ACI' discute Lei do Feminicídio e violência de gênero 1

Jornalismo para combater violência de gênero

Apesar da legislação, o número de casos de feminicídio e de violência contra mulheres no Brasil é alarmante. Em Santa Catarina, só entre janeiro e outubro de 2022, foram 45 casos no Estado – 18,4% a mais que no mesmo período de 2021. A imprensa tem papel estratégico nessa luta, tanto por meio da fiscalização quanto por meio de pressão por políticas públicas eficientes.

Além disso, é papel do jornalismo ampliar, contextualizar e aprofundar o debate sobre a forma mais extrema de violência de gênero.  Com experiência na cobertura de casos, as jornalistas convidadas vão compartilhar suas próprias experiências cobrindo pautas complexas e dicas práticas de como abordar o assunto com familiares das vítimas, os dispositivos legais.

Conheça as convidadas

Schirlei Alves – Repórter que atua com jornalismo investigativo orientado por dados e sob a perspectiva dos direitos humanos. Formada desde 2008 pela Univali, colaborou para o Epoch Times, no Canadá, e atuou como repórter nos principais jornais do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Seus trabalhos mais recentes foram para a Folha de S.Paulo, Abraji, Agência Lupa, O Joio e O Trigo, The Intercept Brasil e Portal Catarinas. Recebeu como reconhecimento os prêmios ABCR de Jornalismo, Unimed e RBS. Em 2022, concluiu especialização em Jornalismo de Dados, Automação e Data Storytelling pelo Insper.

Catarina Duarte – Jornalista formada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É vencedora do Prêmio Ministério Público do Trabalho (MPT) de Jornalismo e do Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura. É autora do “Guia de Receitas Manezinhas”, lançado em 2020. Atualmente, trabalha no Diário Catarinense.

Amanda Santos – É apresentadora e repórter especial do Grupo ND. Já atuou no Fala Brasil e Jornal da Record.  Com mais de 14 anos de trajetória, produz reportagens e séries de cunho social. Estreou na Série “Vozes da Consciência”, que abordou o preconceito e a participações de negros para a evolução do estado. É de sua autoria também a série “Palavra de Mulher”, que tratou sobre violência doméstica. 

Carol Macário – Jornalista desde 2005, pós-graduada em Antropologia (Universitat de Barcelona), especialista em jornalismo cultural, experiência como repórter e editora nos principais jornais de SC. Trajetória como repórter freelancer para jornais e revistas de todo o Brasil: textos para Folha de SP, UOL, Valor Econômico e O Globo. Única brasileira contemplada com a Beca Gabriel García Márquez de Periodismo Cultural em 2017. IVLP Alumni. Idealizadora da gulliver. É repórter da Agência Lupa.

Schirlei Alves é uma das jornalistas convidadas para o evento desta quarta-feira (22), em Florianópolis

SERVIÇO
Papo de Jornalista – Especial Mês das Mulheres: reportagem investigativa e cobertura de violência de gênero
– Quando: 22/3, às 19h30
– Onde: Casa do Jornalista (Rua Rui Barbosa, 621, Agronômica, Florianópolis)
– Entrada: Gratuito

Fonte: Clicsc

Sobre o autor:
Davi
Davi Paes e Lima
Davi Paes e Lima é jornalista profissional (2874 - SC) desde 2006. É especialista em Comunicação Empresarial e atua na área de Assessoria de Comunicação há 20 anos, desde 2003 - além de ter passagens por veículos especializados. Desde 2020 está à frente da Paes e Lima Comunicação, agência boutique com base em Florianópolis. Atualmente também atua como co-host do podcast "Jogando para a Plateia" e no associativismo é diretor de eventos da Associação Catarinense de Imprensa (2023/2026). Colabora com notícias corporativas para o portal ClicSC desde 2022.
Grande Florianópolis

Lez a Lez lança nova coleção estrelada por Camila Coutinho com dois eventos simultâneos em Florianópolis

Lançamento oficial da coleção outono 2024 “Amar-se” ocorrerá no dia 22 de fevereiro no Shopping Villa Romana e no Jurerê Open, na capital catarinense, e na Oscar Freire, em São Paulo

Grande Florianópolis

South Run Layback Trail Race tem virada de lote nesta sexta-feira (16)

As inscrições no valor de segundo lote podem ser feitas até a meia-noite da quinta-feira (15) no site Foco Radical. As vagas para a prova que acontece no mês de março em Florianópolis são limitadas

Grande Florianópolis

ACI e Maturi promovem encontro para discutir o mercado de trabalho e empreendedorismo para os 50+

ACI e Maturi promovem encontro para discutir o mercado de trabalho e empreendedorismo para os 50+

Grande Florianópolis

“Folia mais Fort”: Fort Atacadista se torna o principal apoiador do Carnaval 2024 de Florianópolis

Atacarejo do Grupo Pereira, o maior de Santa Catarina e 7º maior do Brasil, é o patrocinador oficial do Desfile das Escolas de Samba de Florianópolis, da Arena Central e do Berbigão do Boca; 100% do valor arrecadado com a venda dos ingressos para a Passarela será doado para o Hospital Infantil e as bebidas serão vendidas nas arquibancadas da Nego Quirido pela metade do preço do ano passado

Mais notícias

Saúde

Santa Catarina decreta situação de emergência por conta do aumento de casos de dengue

A governadora em exercício, Marilisa Boehm, assinou um Decreto Emergencial Epidemiológico

Segurança

Jovem português procurado pela Interpol é preso em SC

O homem agora aguarda no sistema prisional, onde ficará detido até que o processo de extradição para Portugal seja finalizado