keyboard_backspace

Página Inicial

Utilidade Pública

Novo projeto de esgotamento sanitário é apresentado para vereadores de Bombinhas

Durante a reunião os vereadores puderam esclarecer suas dúvidas e compreender porquê o sistema de água foi implantado antes do sistema de esgoto

X
Foto: Divulgação Câmara de Vereadores

A convite da câmara de vereadores, a Águas de Bombinhas apresentou aos vereadores da cidade o próximo grande investimento da concessionária: o esgotamento sanitário de Bombinhas. Durante o encontro, a empresa apresentou uma retrospectiva e uma atualização sobre o projeto do novo sistema. Atualmente a concessionária aguarda a liberação do licenciamento ambiental por parte do Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (o IMA).

Durante a reunião os vereadores puderam esclarecer suas dúvidas e compreender porquê o sistema de água foi implantado antes do sistema de esgoto. A Águas de Bombinhas fez uma revisão sobre a situação da cidade na época, e lembrou que o projeto de esgotamento de Bombinhas foi adiado em 2017, quando o município entendeu que a situação do abastecimento era mais urgente na cidade. Naquela data, um Termo Aditivo no contrato antecipou os investimentos da Águas de Bombinhas focando exclusivamente no novo sistema de captação de tratamento de água.

Conforme o diretor executivo da empresa, Gabriel Buim, a concessionária protocolou um pedido de Licença Ambiental Prévia (LAP) – nada mais é do que a primeira fase de licenciamentos para o projeto de esgoto. “A licença nos foi concedida em 2019 e, a partir de então, prosseguimos com a documentação exigida pelos órgãos ambientais. No ano passado nós enviamos um diagnóstico da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) José Amândio ao IMA e agora aguardamos um retorno”, explica.

Neste meio tempo a concessionária também pode concluir as obras de instalação da rede de esgoto a Avenida Vereador Manoel José dos Santos, graças a um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre Ministério Público, IMA, concessionária e município. As obras acompanharam a revitalização da via, que vinha sendo realizada pela prefeitura municipal.

De acordo com o presidente da Câmara, Tiago de Souza, a reunião foi bastante esclarecedora no sentido da apresentação dos novos projetos da empresa. “Saí da reunião muito feliz com o que virá. Claro que falando de saneamento existe a contrapartida do contribuinte, isso é normal, mas a Águas de Bombinhas oferece aporte teórico e estrutura para a cidade”, comenta ele. “Eu trabalho com fatos e a concessionária tem feito muitas melhorias, com certeza colheremos bons frutos”, encerra.

Já a presidente da Águas de Bombinhas, Reginalva Mureb, relembrou que o sistema de esgotamento sanitário será cumprido, mas sempre respeitando o contexto da cidade. O projeto segue as diretrizes gerais do Plano Municipal de Saneamento e leva em consideração a autorização prévia do órgão ambiental. Esta autorização é uma condição essencial para que o sistema de água e de esgoto possam ser implantados.

“A instalação do sistema de esgoto é uma diretriz que deve atender a outras condições. Por esta razão os prazos estão suspensos até que o órgão ambiental chancele o sistema a ser implantado”, detalha Reginalva.

Ao longo do prazo contratual, o projeto completo prevê um investimento de R$85 milhões no município, com a instalação de 157 quilômetros de tubulação e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) completamente nova.

Fonte: Clicsc

Utilidade Pública

Reservatórios de água de Camboriú passam por nova limpeza com a ajuda de mergulhadores

Segundo o gestor operacional da concessionária Águas de Camboriú, Henrique Gonçalves Mendes, a técnica permite que os reservatórios sejam limpos sem a necessidade do esvaziá-los.

Utilidade Pública

Piçarras sedia Camping Training de Taekwondo neste sábado

Evento de treino de atletas será supervisionado pela Federação Catarinense de Taekwondo

Utilidade Pública

Técnicos do Programa de Controle da Dengue se reúnem para debater estratégias em cidades do Litoral Norte

O encontro ocorreu em Itajaí, na sede do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres, que fica em frente à pista de atletismo.

Utilidade Pública

Projeto para criação do Parque do Arvoredo é debatido em audiência pública

A audiência foi convocada pelo relator da matéria, deputado Rodrigo Agostinho (PSB/SP) com o objetivo de analisar os impactos da mudança.

Utilidade Pública

Furtos de fiação elétrica causam transtornos em orla da praia de Navegantes

Neste fim de semana, cerca de 750 metros de cabos elétricos foram furtados na orla da praia. O autor do crime foi preso pela Polícia Militar, nesta segunda-feira (10).

Mais notícias

Segurança

Polícia investiga assassinatos causados por possível Serial Killer em Curitiba

Por conta das semelhanças entres os assassinatos, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime de ódio cometido pela mesma pessoa

Geral

Homem é preso depois de atirar de janela de hotel para a rua em Balneário Camboriú

A arma era um revólver Cal. 32 contendo quatro munições intactas e duas deflagradas